Informações sobre o sono e descanso

O descanso, a chave do êxito de um desportista

Quantos fatores intervêm no sucesso de um atleta? A resposta seria infinita e sujeita a muitas experiências e estudos que responderiam a coisas diferentes. A preparação, a sorte, o estado físico, a competição … e o descanso. Ter um bom descanso permite que o atleta esteja mais fresco antes do treino ou da competição. Esse frescor de mais em muitos dias é o que marca as diferenças que podem ser definitivas no momento da competição. Para ganhar essa diferença, a rotina seguida no sonho noturno desempenha um papel muito importante.

Primeiro, é importante marcar as horas de sono do atleta. Não só pelo descanso, mas pelo que gera. Durante o período de sono noturno, o corpo recupera sua energia, além de ser um período chave para a recuperação de músculos e articulações. Deve-se acrescentar que uma quebra má pode causar lesões, contraturas ou problemas sérios que podem prejudicar a saúde do atleta. A importância de um bom descanso vai além do desempenho atlético.

Quanto às horas de sono, recomenda-se que um atleta adulto durma cerca de oito horas por dia. Também é importante economizar tempo para uma soneca de cerca de uma hora. Isso é especialmente importante em atletas profissionais, que usam o cochilo como intervalo entre as sessões de atividade física. Entre um sonho e outro, é aconselhável ter dormido mais de nove horas ao longo do dia. Desta forma, é possível recuperar energia e ter uma forma física que otimiza o desempenho.

O outro ponto vital do descanso do atleta é o colchão. Para um atleta não vale a pena com qualquer colchão, você precisa de um que lhe dê uma pausa descansadapausa do seu estilo de vida ativo. As suas necessidades são claras: recuperar a energia do dia e aliviar dores musculares e possíveis cargas.

Colchões para atletas devem ter a composição ideal para cumprir sua missão. O material perfeito de um colchão para atletas é o viscoelástico, embora não seja válido com ninguém. O viscoelástico de um colchão esportivo deve ser de alta densidade, o que garante máxima adaptabilidade que descontrata e alivia as cargas musculares. O colchão de um atleta deve ser adaptável às suas necessidades, para que o atleta possa se recuperar durante o descanso. Em resumo, o colchão ideal de um atleta deve recuperar seu físico, ao mesmo tempo em que o atleta se recupera mentalmente de um dia difícil. Desta forma, é possível manter o físico nas melhores condições possíveis, a fim de dar o melhor desempenho a cada dia.

Porquê combinar um colchão com um sommier?

Todo os colchões precisam de um suporte. Quando se trata de o escolher, há muitos fatores que contam. A composição, a resistência ou seu preço são alguns dos mais comuns, mas não os únicos. Cada suporte tem vantagens e desvantagens, mas em termos gerais, se a qualidade é procurada em todos os aspectos, a escolha é clara: o sommier. Por que é ideal combinar um colchão e um sommier? O sommier é um suporte que permite ao colchão mostrar todas as suas virtudes. Em primeiro lugar, qualquer sommier, seja estofado ou de madeira, é compatível com qualquer tipo de colchão. Isto é devido à cobertura do tampo, com forma de painel de abelha, que pode ser combinado com látex, molas, visco e espuma.

Sabendo que colchões e sommiers são compatíveis, independentemente da composição destes, o que mais há para combiná-los? Primeiro, porque permite que você ganhe espaço e dê outra cara ao quarto. Os sommiers garantem um espaço de armazenamento ideal, devido à gaveta (também lhe chamam baú) que incorporam. Isso torna-os recomendáveis ​​em todos os tipos de quartos, mas especialmente naqueles que estão justos de espaço. Entretanto, ter um sommier é ter mais um ponto de armazenamento de objetos, o que melhor distribui qualquer ambiente.

Além de melhorar a distribuição do quarto, outro motivo para equipá-lo com um colchão e um sommier é o design. Os sommiers rebatíveis, sejam de madeira ou forrados, têm uma grande variedade de designs. O catálogo de sommiers da Maxcolchon tem tecidos de pele sintética, chenille e veludo, com uma ampla gama de cores. Escolher um sommier significa escolher que identidade dar ao quarto. Eles não só dão elegância, mas também garantem uma grande liberdade para escolher a cor e que qualidade de sono dá a quem dorme. O sommier combinado com o colchão, não só melhoram o descanso mas também fornecem identidade.

Finalmente, outra das grandes vantagens de unir sommier e colchão no descanso é a firmeza do suporte. Um sommier é uma base ideal para quem busca firmeza e acolhimento homogéneo. A estrutura interna destes, composta de tubos de aço e uma base forrada, garante uma ótima recepção. Além disso, esta boa recepção é garantida com qualquer que seja o colchão. Se procura um quarto onde não falte nada, não duvide: juntar um sommier e um colchão é a melhor opção.

A conchinha e outras posições de casal durante o descanso

Dormir como um casal requer encontrar a melhor solução para ambos. O colchão do casamento é dividido e o objetivo é simples: dormir o melhor possível. No entanto, o conflito espacial deve ser resolvido da melhor forma possível. Para isso, existem duas soluções: fazer a guerra cada um por conta própria ou que a união faça a força. A primeira opção é comum em todos os casais em que o contato é desconfortável e tende a piorar ainda mais. Na segunda tendência, há opções diferentes, mas nenhuma tão popular quanto a posição da “conchinha”.

A posição da conchinha ocorre quando uma das duas pessoas do casal pode se abraçar na outra. Segundo o psicanalista Steve McKeown, as pessoas que escolhem essa posição “são melhores a longo prazo”. Nesse casal, a figura que se destaca é a do homem, mais sensível e que “procura agradar o seu parceiro”. Isso porque a parte masculina busca maior contato com o lado feminino, o que lhes confere maior inteligência emocional. Segundo o especialista, isso é sempre uma vantagem no casal.

Dormir em concha significa uma dinâmica de proteção no casal, na qual um cobre o outro. Um artigo publicado no Archives of Sexual Behavior afirma que os homens que preferem dormir nessa posição se sentem mais felizes. Isso também se deve a fatos que acompanham a postura, como abraços, carinhos e até satisfação sexual em geral. Esta posição implica união e que a relação funciona em todos os aspectos. Há também aqueles que pensam que esta posição é mais desconfortável do que os outros para dormir, por isso seria normal mudá-lo durante o sono.

Não há apenas a posição de concha como uma postura de casal. Você também pode apoiar a cabeça de uma pessoa no peito do seu parceiro, o que implica confiança e proteção. O contato também pode ser dado dormindo derretido em um abraço ou entrelaçando os pés, o que implica união e segurança.

Se escolher dormir mais independentemente, poderá dormir cara a cara, sem nenhum contato. Também é possível fazer cada um por conta própria, com as costas juntas ou separadas. Outra opção, que acaba sendo a mais habitual inconscientemente, é dormir dispersa. Afinal, muitos dos movimentos que fazemos durante o intervalo são involuntários e um espaço para dormir confortavelmente.

É necessário lembrar-se da importância do desanso para o casal. A posição em que eles compartilham uma cama é outro incentivo, mas não o único. Além da posição em que compartilham o mesmo espaço, deve-se acrescentar que o quarto deve ser o mais preparado possível para o descanso. Por esse motivo, é importante verificar se o equipamento de descanso e o colchão são adequados para que as pessoas tenham o melhor sono juntos.

As histórias de medo, inimigos para o seu descanso

O Halloween é uma noite marcada pelo medo e terror. Todos os filmes, cartazes, festas temáticas e conjuntos giram em torno do mesmo tema. Em torno do terror e do medo, o Halloween se tornou uma noite popular nos Estados Unidos e cada vez mais nos cantos do mundo. Todos nós já fomos crianças – e não tão crianças – e passamos uma noite contando histórias assustadoras. Quantos não conseguiram adormecer depois de “jogar” isso?

As histórias de medo e terror recriam situações fictícias, com um quadro real ou surrealista, que provocam inquietação e arrepios. Como você leu em publicações anteriores, um dos pontos mais importantes para ter uma boa noite de sono é preparar a mente para o descanso. Embora ler e assistir a uma série ou filme sejam atividades que possam preparar bem o resto, é conveniente saber como escolher o conteúdo delas.

Que tipo de histórias e histórias são ótimas para um bom descanso? Existem muitos, mas, independentemente do sexo, todos eles têm algo em comum: limpar a mente e fazer com que você se sinta bem para descansar. As histórias de terror, apesar de nascerem da imaginação do criador e recriar eventos sobrenaturais, geralmente partem de situações que podem ocorrer na vida real. Embora o nó e o resultado da história sejam surreais, os toques do realismo da abordagem fazem com que você se pergunte se o que está a ver pode acontecer. Em resumo, histórias de terror geram certas inseguranças que alteram a mente antes de descansar.

AMBIENTES EM HISTORIAS DE TERROR

Os ambientes onde as histórias de terror se desenvolvem são bastante peculiares a esse tipo de relatos. Por essa razão, é comum associar certos lugares e contextos a histórias de medo. Quais? Na lista a seguir, as mais recorrentes:

  • Noite e escuridão. Os ambientes lúgubres são os mais frequentes. Eles estão longe da alegria e da cor dos lugares ensolarados e lúcidos. Nestes contextos é mais fácil criar situações de tensão e insegurança. Esses climas são ideais para o desenvolvimento da história.
  • Castelos e “casas assombradas”. Castelos e casas num ambiente sombrio e escuro, em cantos onde o sol raramente se levanta. Lugares que, apesar de possuírem uma arquitetura admirável, estão cercados por um ambiente que lhes dá mistério.
  • Solidão. Ter protagonistas sozinhos diante do perigo e e que encaram o mistério reforça a história de insegurança e medo. Nestas histórias, o personagem principal está sempre numa situação de inferioridade contra o fenómeno no qual o filme é baseado.

Geralmente, esses são os principais ingredientes que compõem as histórias aterrorizantes e assustadoras. Quem não esteve numa dessas situações e imediatamente se lembrou de uma história de terror que lhe custou tanto assimilar?

Que almofada escolha segundo a minha postura de dormir?

A escolha de cada produto para descanso é importante e deve ser acordada. Cada artigo deve ser escolhido tendo em conta fatores diferentes. Altura, peso, posição habitual ou incidências de sono são algumas condições importantes, mas não as únicas. Apesar do seu pequeno tamanho, uma almofada é um companheiro essencial numa base diária, além de um bom “consultório”. Pelo seu necessário papel no descanso cervical, ter a almofada adequada melhora o descanso e o dia-a-dia.

Primeiro de tudo, antes de aprofundar sobre a posição, é importante destacar os tipos de almofadas que existem de acordo com o seu material. As almofadas podem ser de látex, fibra, tatp de penas ou viscoelástico. O repertório de almofadas viscoelásticas é o mais variado dentro do catálogo de almofadas Maxcolchon. Este tipo de almofada possui diferentes variantes em cada modelo e destaca-se pelo seu conforto e liberação de pressão. Quanto às posturas para dormir, esse repertório é menos extenso, já que só podemos dormir de costas, de barriga para baixo e de lado. Cada tipo de postura tem um tipo de almofada ideal para essa posição.

  1.  Durma de costas – A altura deve ser intermediária para esta posição e ter uma firmeza média. Desta forma, a almofada respeita os espaços de descanso e não gera muita pressão na musculatura.almofada viscoelástica é boa para a postura mais frequente dos dormentes. A altura neste caso é recomendada para ser alta e de maior densidade.
  2.  Dormir de bruços – Deve notar-se que esta posição não é recomendada, e tem uma série de riscos que pioram o nosso descanso. No entanto, as almofadas de menor espessura e firmeza são os mais adequados.

O VISCOELÁSTICO, O MATERIAL MAIS POLIVALENTE

Como você leu antes, a almofada viscoelástica é aquela que tem uma maior variedade de repertório no catálogo Maxcolchon. Estes permitem uma maior adaptabilidade e uma ótima pressão sobre o colo do útero. Deve-se notar a variedade de usos que essas almofadas têm. O catálogo de almofadas viscoelásticas de Maxcolchon possui modelos com diferentes intensidades e variáveis ​​em termos de firmeza e composição interna. Este tipo de almofadas encontram-se na grande maioria das situações, e eles destacam-se pela sua versatilidade.

O que é uma almofada cervical?

Uma almofada é um produto necessário e essencial em cada descanso. A sua utilidade é oferecer um apoio ideal da cabeça e ajudar a manter uma postura correta durante o descanso. A sua recepção provoca um relaxamento do colo do útero, o que favorece um sono noturno de qualidade e a reparação. De acordo com o seu design e componentes, o catálogo de almofadas Maxcolchon tem diferentes tipos. Para o material, há almofadas disponíveis de viscoelástica, látex, fibra ou caneta de toque. Quanto ao seu design, eles podem ser padrão ou ter variações, como perfurações, recessos ou recessos cervicais.

A almofada cervical é um produto a ser considerado para qualquer tipo de dorminhoco. A peculiaridade deste tipo de almofada reside no seu design, diferente do resto dos artigos. A almofada cervical tem uma curvatura na parte central, uma diferença aproximada de 2,5 cm entre a parte superior e inferior. Seu design, além de exclusivo, é característico deste tipo de produtos.

Quais são as vantagens de uma almofada cervical? Além de seu design, outro ponto importante é sua composição. O viscoelástico, macio e moldado, adapta-se às pressões e garante que os cervicais tenham descanso adequado e evitem lesões. Uma almofada cervical se destaca pela sua ergonomia, o que o torna um suporte adequado para o pescoço, bem como prevenir desconforto. Além disso, evita posturas forçadas e permite repouso adequado aos cervicais.

A almofada cervical Maxcolchon é fabricada com um viscoelástico moldado que segura o pescoço com precisão. Isso permite que uma capacidade de prevenção de problemas cervicais seja ideal. Uma almofada cervical protege o dormente de posturas cervicais más causadas durante o sono da noite, o que evita problemas maiores. Além de sua capacidade de prevenir a dor, os especialistas geralmente recomendam uma almofadacervical para pessoas com doenças na área.

Além de suas funções na liberação de pressão e no cuidado da região cervical, a almofada cervical garante um descanso confortável. Um produto que garante uma adaptabilidade máxima ao colo do útero e que cuida da saúde de cada dorminhoco. Um aliado fantástico na prevenção de problemas cervicais e na correção de más posturas. Quando o descanso e a saúde andam de mãos dadas.

Conselhos para que a mudança de hora não afecte

Desde que as intenções de Bruxelas foram anunciadas sobre a mudança de tempo, que se criou um tema de debate que anda na boca de todos. Lembre-se que durante as primeiras horas do sábado, 20 de outubro a domingo 21, os relógios serão atrasados uma hora. Quer dizer, que às 3 horas da manhã eles serão 2 horas, como de costume todos os anos nessas datas.

A principal novidade do horário de inverno é a redução das horas de sol durante o dia. Por esta razão, o corpo deve-se adaptar para viver mais à noite e ter menos luz solar. Isto é, que o organismo de cada um deve habituar-se a viver à noite. Essa mudança altera o nosso dia a dia e gera um processo de adaptação necessário. Além disso, essa mudança no ritmo biológico tem perjúgios para o corpo. Aumenta os distúrbios do sono, fadiga e falta de concentração.

Para evitar que esse pequeno jet lag afete o corpo mais do que o necessário, é aconselhável cuidar de certas rotinas mais do que nunca.

  1. Controle os seus horários de sono. Você deve marcar as suas horas de descanso noturno. Embora não seja fácil “forçar-se” a dormir, é necessário ter um controle que garanta um sono de qualidade. Definir um horário fixo para ir dormir e tentar cumpri-lo é um bom passo para se adaptar.
  2. Cuide da sua dieta Ter uma dieta balanceada é necessário para um bom descanso. Se falamos sobre a noite de sono, o jantar é uma refeição ainda mais importante. É aconselhável jantar pelo menos duas horas antes de ir dormir. Além disso, o jantar deve ser leve e fornecer bons nutrientes para o corpo.
  3. Mantenha afastado qualquer bebida estimulante. Café, chá ou qualquer bebida energética lhe dá uma energia muitas vezes desnecessária e subtrai as horas necessárias de sono. Estas bebidas alteram o seu relógio do sono. Evite esses tipos de bebidas, especialmente na segunda metade do dia. Você também não deve tomar medicamentos relaxantes ou para dormir.
  4. Exercício, importante sempre. É mais aconselhável fazer atividade física durante as manhãs e evitar fazê-lo no último minuto. Isso coloca a pessoa em forma, relaxa e alivia as tensões. Uma atividade onde ganha observando onde você está.
  5. Mantenha os dispositivos eletrónicos longe de si. Evite qualquer distração que possa criar o seu computador, tablet, celular ou televisão. Isole-se de objetos e atividades que possam desestabilizá-lo do adormecimento. É sempre aconselhável preparar o seu quarto para que a sua única preocupação seja dormir.

 

Conselhos para que a mudança de hora não afecte

Desde que as intenções de Bruxelas foram anunciadas sobre a mudança de tempo, que se criou um tema de debate que anda na boca de todos. Lembre-se que durante as primeiras horas do sábado, 20 de outubro a domingo 21, os relógios serão atrasados uma hora. Quer dizer, que às 3 horas da manhã eles serão 2 horas, como de costume todos os anos nessas datas.

A principal novidade do horário de inverno é a redução das horas de sol durante o dia. Por esta razão, o corpo deve-se adaptar para viver mais à noite e ter menos luz solar. Isto é, que o organismo de cada um deve habituar-se a viver à noite. Essa mudança altera o nosso dia a dia e gera um processo de adaptação necessário. Além disso, essa mudança no ritmo biológico tem perjúgios para o corpo. Aumenta os distúrbios do sono, fadiga e falta de concentração.

Para evitar que esse pequeno jet lag afete o corpo mais do que o necessário, é aconselhável cuidar de certas rotinas mais do que nunca.

  1. Controle os seus horários de sono. Você deve marcar as suas horas de descanso noturno. Embora não seja fácil “forçar-se” a dormir, é necessário ter um controle que garanta um sono de qualidade. Definir um horário fixo para ir dormir e tentar cumpri-lo é um bom passo para se adaptar.
  2. Cuide da sua dieta Ter uma dieta balanceada é necessário para um bom descanso. Se falamos sobre a noite de sono, o jantar é uma refeição ainda mais importante. É aconselhável jantar pelo menos duas horas antes de ir dormir. Além disso, o jantar deve ser leve e fornecer bons nutrientes para o corpo.
  3. Mantenha afastado qualquer bebida estimulante. Café, chá ou qualquer bebida energética lhe dá uma energia muitas vezes desnecessária e subtrai as horas necessárias de sono. Estas bebidas alteram o seu relógio do sono. Evite esses tipos de bebidas, especialmente na segunda metade do dia. Você também não deve tomar medicamentos relaxantes ou para dormir.
  4. Exercício, importante sempre. É mais aconselhável fazer atividade física durante as manhãs e evitar fazê-lo no último minuto. Isso coloca a pessoa em forma, relaxa e alivia as tensões. Uma atividade onde ganha observando onde você está.
  5. Mantenha os dispositivos eletrónicos longe de si. Evite qualquer distração que possa criar o seu computador, tablet, celular ou televisão. Isole-se de objetos e atividades que possam desestabilizá-lo do adormecimento. É sempre aconselhável preparar o seu quarto para que a sua única preocupação seja dormir.

Diferenças de preços de sommiers de tampo rebatível

Os sommiers de tampo rebatível ​​são divididos em categorias de acordo com diferentes fatores. A composição, as suas aberturas ou o seu design são algumas das características mais frequentes para dividir os sommiers. Uma das divisões mais comuns para distinguir os sommiers de tampo rebatível ​​ocorre entre sommiers de madeira e forrados. Além do design dos sommiers, o preço entre um e outro é um dos principais pontos em que há uma clara diferença.

Em geral, os sommiers baratos por excelência são feitos de madeira. A cobertura externa destes é feita de madeira, como o nome indica. Quanto ao design, eles se destacam por uma estética sóbria para decorar o quarto. Geralmente, os sommiers de madeira são compostos por uma madeira laminada que tenta suportar o peso dos dormentes. Estes oferecem uma resistência e um design elegante para todo o quarto. Se está à procura de sommiers baratos, os de madeira são a sua escolha. No entanto, os sommiers de madeira Maxcolchon têm um material resistente e elegante. Para piorar, as suas diferentes tonalidades permitem que você escolha a madeira que melhor combina com o quarto. Por outro lado, os sommiers forrados também são distinguidos pelo seu tampo e o seu tecido. Eles podem ser feitos de chenille, pele sintética e veludo, e podem ter um tampo com marco desses materiais ou tampo liso com tecido respirável. Nesse caso, os sommiers mais baratos são os de pele sintética, enquanto o veludo é o tecido mais caro.

Apesar de terem um preço mais alto do que os de madeira, os sommiers forrados Maxcolchon destacam-se pela excelente relação qualidade-preço. Isso ocorre porque o processo de fabricação de canapés forrados requer um material de maior qualidade. Além disso, o tempo de elaboração deste tipo de canapés é maior, pois precisam estofar a estrutura. Geralmente, além de seu desenvolvimento, são uma opção que possui um design elegante e de alta qualidade.

É necessário saber que um sommier de tampo rebatível é um produto cheio de utilidade para o descanso. Eles são um suporte firme e resistente, além de melhorar a decoração e a distribuição dos espaços. Para ter um bom sommier para o descanso, são necessários materiais de qualidade. Um sommier barato, que chama a atenção pelo seu preço baixo, é um suporte padrão para o descanso. Por outro lado, os canapés dobráveis ​​Maxcolchon são uma opção que garante qualidade com uma relação preço / qualidade muito económica e boa.

Tipos de sesta

12 de outubro é o feriado nacional na Espanha. A sesta é uma das coisas mais comuns em qualquer região e famosa internacionalmente. Quem não conheceu uma pessoa de outro país, e quando ele diz que é da Espanha, ele não teve alguém que lhe diga: “Sim, Espanha … la siesta!” É um fenómeno que, como você leu noutros artigos, cruza fronteiras. A melhor coisa sobre cochilar é que não há um único, mas existem muitos tipos de sestas que fazemos durante as nossas vidas. E mais de uma vez e duas. Como a fábrica de Maxcolchon está localizada em território de nuestros hermanos, falaremos dos diferentes tipos de sesta que existem. Estes são os mais comuns.

  1. Sesta milagrosa: É possível que quinze minutos de relaxamento e descanso recuperem toda uma manhã de desgaste? É. Uma dessas sestas onde você não explica como pôde ter recuperado tanto, tendo dormido tão pouco tempo. Esta sesta é conhecida como “sesta energética”. De acordo com um estudo da revista Sleep, este tipo de sesta produz melhorias imediatas na latência do sono, sonolência, fadiga e desempenho cognitivo. Esses cochilos duram de 10 a 20 minutos e, no máximo, podem se estender até 30.
  2. A sesta de remova neuronas: essa sesta dura mais de meia hora. Depois de um dia de fadiga física e mental, o despertar causa a sensação de ter ficado sobrecarregado. Uma daquelas sonecas das quais é difícil acordar e voltar à vida. Este tipo de sesta é frequente após uma manhã de atividade física intensa, ou após uma longa noite de diversão. Este tipo de soneca é frequente nos dias de ressaca, por exemplo.
  3. Sestas “vale tudo”. Você precisa fechar os olhos de qualquer maneira, você tem um longo dia à frente e você não está em casa. Qualquer lugar parece bom para fechar os olhos por um tempo, e você acaba por encontrar acomodação em qualquer lugar. Não importa se está num meio de transporte, em qualquer cadeira que encontrou. São sestas em que vale tudo para recarregar um pouco as baterias.
  4. “Eu não queria, mas …”. Esse tipo de soneca pode ser chamado de cochilo involuntário, ou “eu não queria dormir, mas os meus olhos pesavam”. Por todas as vezes que você adormece quando vê a um filme ou série, ou quando está lê um livro.
  5. Sesta de ovelhas. Isso é normal. Você está em casa de manhã e acha que precisa descansar um pouco? Aqueles momentos antes da hora do almoço são um tempo morto que você pode aproveitar para qualquer coisa. Um cochilo que recarrega as baterias e ajuda a enfrentar a tarde com energia é uma opção altamente recomendada. Esta sesta é popularmente conhecida como “Siesta del borrego”. Tão duradouro e clássico como eficaz.
  6. Mais vale tarde do que nunca. A sesta nem sempre tem que ser depois de comer. Além da sesta de ovelhas, há também a sesta da tarde. Esta sesta é um bom recesso para antes da noite e tem diferentes razões. O cansaço de um longo dia de trabalho depois de uma noite mal dormida, que obriga a parar; Carregue baterias antes de uma longa noite, ou simplesmente, que você não pode evitá-lo. Tenha cuidado se esses cochilos saírem do controle, porque eles podem mudar os seus planos para a noite. 

Seguro que em mais de uma ocasião fizesta todas e cada uma destas sestas. Um fenómeno rico em variaveis e ótimo para o descanso.