Informações sobre o sono e descanso

Um sonho pode mudar o mundo

Nunca sonhou com algo que abriu a sua mente? Nunca notou como que uma lâmpada acende em sua cabeça? Certamente conhece muitas invenções que mudaram o mundo, mas … sabe que elas nasceram num sonho? Neste post vamos lhe contar como surgiram algumas ideias que mudaram a história do mundo.

Certamente você estudou a tabela periódica, mas não sabe o melhor. O seu criador, Dmitri Mendeleev, foi capaz de terminá-la graças a uma visualização que teve num sonho. Tinha todos os dados necessários e não sabia como representá-los num gráfico. Mas, de repente, ele adormeceu enquanto trabalhava na sua obra “Organic Chemistry“, e teve um sonho onde eles apareceram representados em filas e colunas. Quando ele acordou, colocou todos os elementos como no seu sonho: ele os ordenou por valências e propriedades, deixando lacunas para incorporar novos elementos. E assim a tabela periódica que conhecemos nos nossos dias foi elaborada.

Elias Howe também foi um sonhador que deu origem a uma invenção revolucionária. Levava algum tempo a tentar desenvolver uma máquina para unir tecidos e, através de um sonho, conseguiu defini-la. O seu sonho não deixou ninguém indiferente. Nele, um grupo de índios o atacou com lanças que tinham buracos no final. Nessas lanças, ele teve a ideia de passar o fio pela ponta e não pela base, como o fizeram até então.

O modelo atómico de Niels Bohr é outra grande ideia ao longo da história que nasceu num sonho. Nele, Bohr estava num Sol quente de gás onde os planetas giravam em torno dele por filamentos. Então, o gás solidificou e as plantas e o Sol se contraíram. Do seu sonho, ele interpretou o Sol como o átomo que tinha em torno de elétrons, indicando os seus níveis energéticos. Este modelo atómico continua a ser representado até hoje.

Quem não conhece Albert Einstein? Uma eminência como ele foi inspirada em toda a sua carreira por um sonho que ele teve na sua adolescência. Einstein sonhava em escorregar num trenó uma encosta íngreme. Ao aproximar-se da velocidade da luz, todas as cores foram misturadas para formar uma. Aí ele teve a sua inspiração para descobrir o que acontece na velocidade da luz, a teoria que ele desenvolveria mais tarde.

A estrutura da molécula de benzeno foi descoberta pelo químico alemão Auguste Keluké. Naquela época, sabia-se que o benzeno era formado por seis átomos de carbono e seis átomos de hidrogénio. Então, Kekulé propôs uma estrutura na forma de um anel que foi um avanço para a química, mas como chegou lá? Quando perguntado sobre a sua descoberta, ele respondeu que foi graças a um sonho onde cobras apareceram a morder-se a cauda.

Não só a ciência avançou graças aos sonhos. Frankenstein, a primeira história de ficção científica do mundo, nasceu de um sonho da sua autora, Mary Shelley. Nele, ela viu como um estudante de artes diabólicas se ajoelhava ao lado de um ser que havia criado reunindo partes de outros homens. Apesar disso, a criatura assustadora, como afirmava a autora, voltou à vida. Depois desse sonho, ela decidiu que tinha que escrever sobre o que viu.

Os amantes da música também devem muito aos sonhos. Yesterday, dos Beatles, surgiu graças a um sonho que Paul McCartney teve enquanto dormia com sua namorada Jane Asher. O conteúdo do sonho não foi revelado, mas ele acordou com a melodia na sua cabeça. Também é interessante que a música fosse chamada de Scrambled Eggs porque sabe-se que a sua namorada os cozinhava naquela manhã. Mas no final eles escolheram Yesterday porque era mais fácil fazer rimas com essa palavra.

Sonhar é normal e é um ato rotineiro do nosso dia a dia. E se pararmos por um momento para analisar por que é que os nossos sonhos podem mudar nossas vidas? Talvez não seja nenhuma loucura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Porque é importante um protetor de colchão

Se você já comprou um colchão e não lhe aplicou uma capa protetora, poderá estar a cometer um erro. Uma capa de colchão é um produto muito útil para manter o colchão nas melhores condições possíveis durante a vida útil. O uso deste produto protege a cama do pó, humidade e ácaros, por isso, além de ser bom para o colchão, também é bom para a sua saúde. Descansar com o máximo de higiene possível tem um efeito positivo nos seus produtos de descanso e na sua saúde.

Além de ser clara a importância sobre o uso de uma capa de colchão, você precisa também saber sobre que tipo de protetor é que precisa. É altamente recomendável que use protetores impermeáveis, pois eles protegem a cama de qualquer líquido derramado. Este tipo de cobertura de colchão é ainda mais importante em pessoas mais velhas e crianças, embora seja apropriado para qualquer tipo de cama. Neste caso, a Cobertura Transpirável Tencel é a mais recomendada, pois transpira o calor, disispando-o e é impermeável, tornando-a perfeita para a higiene dos colchões. É importante destacar a importância de que o cubre-colchão seja respirável e permitir uma ventilação adequada. Para isso, é importante certificar-se de que o material de proteção é de poro aberto ou seguir as instruções do fabricante.

Também é importante saber quando renovar cada capa de colchão. Os protetores de colchão não têm uma durabilidade média, mas são renovados de acordo com sua condição. No entanto, se a capa do colchão estiver danificada ou arranhada, ela deve ser substituída. A durabilidade destes produtos será marcada pelo uso e cuidado com as tampas.

 

Almofadas, também protegidas

Além do colchão, não se esqueçaa de proteger a almofada. Para isso, a capa protetora deve ser respirável, deixar passar ar e dissipar o suor, além de ser resistente a ácaros e antialérgica.

Usando um protetor como a Fronha Tencel, você prolonga a vida útil do produto. Esta fronha destaca-se por ser impermeável e por atuar como barreira contra líquidos que impactam a almofada. Esta fronha também é compatível com todos os tipos de almofadas, sejam elas viscoelásticas, látex ou fibras.

Se você quiser que o seu equipamento de descanso seja mantido nas melhores condições, você deve protegê-lo com produtos preparados para ele.  Assim você poderá prolongar a vida útil e ao mesmo tempo cuidar de sua higiene pessoal.

A importância do descanso para não apanhar uma constipação

Aproxima-se o momento em que qualquer descuido pode acabar num resfrio. O descanso pode ajudar-nos a não apanhar uma constipação? Sim. A qualidade do sono é um dos fatores que afeta as possibilidades de ficar resfriado ou não. Este facto é referido num estudo realizado pela Universidade da Pensilvânia em 2009, onde se afirma que dormir menos de seis horas aumenta o risco de obstipação.

Uma boa noite de sono protege o sistema imunológico, que protege o corpo contra resfriados e gripe. Dormir cerca de oito horas por noite reduz as chances de constipação. Deve-se lembrar que dormir mais de sete horas protege o organismo. Um estudo de pessoas que tinham dormido mais e menos de sete horas descobriu que as pessoas que dormiam menos de sete horas tinham quase três vezes mais probabilidade de adoecer do que aquelas que dormiam mais de sete horas. Como é possível ter uma boa noite de sono?

  1. Siga a sua rotina de descanso. Como você bem sabe, cuidar e controlar dos seus hábitos de sono ajuda a manter o horário de descanso correcto. Modificar a sua rotina o menos possível e fazer todo o possível para mantê-la é um passo fundamental para ter uma boa noite de sono. Um ponto importante para começar a defender-se da constipação, mas há mais.
  2. Aclimatize o seu quarto. Se a temperatura externa é fria, o seu quarto deve ser um lugar que o proteja e lhe permita dormir sem problemas. Lembre-se que a temperatura ambiente apropriada está entre 15ºC e 22ºC, para que você possa manter seu calor corporal próximo a 22ºC.
  3. Não se destape! Junto com a temperatura ambiente, outro aspecto importante da temperatura corporal é o abrigo que você usa. Além de cobrir-se bem durante o dia, é importante ter um bom abrigo durante a noite. Ter um recheio ou edredom nórdico que envolva a sua cama, o seu corpo e que proteja do frio vai evitar que o corpo se enfrie. Se você não se cobriu bem, e o seu corpo enfriar, tem uma constipação a caminho.
  4. Jantar, mais importante do que nunca. Um jantar que lhe permita dormir bem é sempre necessário e no inverno com mais razão. Além de ter um jantar leve, será importante para si comer alimentos que lhe permitam dormir com a temperatura corporal certa. Uma sopa ou um copo de leite quente e mel são duas apostas certas.
  5. Cuide do seu quarto. Uma manutenção higiénica evita o aparecimento de resíduos e bactérias que não só podem induzir a uma constipação, mas que podem infectar uma gripe, uma doença presente que ameaça o seu inverno. Limpar todos os espaços do seu quarto para evitar o aparecimento de bactérias pode reduzir as possibilidades de contágio.