Informações sobre o sono e descanso

Informações

Imagine voar na comodidade de uma cama

O fabricante europeu de aviões Airbus anunciou que estuda criar zonas de descanso com camas no andar inferior dos seus novos modelos.

Airbus trabalha com o fabricante de assentos Zodiac Aerospace no design de camas para serem instaladas nos porões dos aviões. A ideia é que o novo modelo Airbus A330, cujo lanzamento está previsto para 2020, incorpore camas para que os passageiros possam relaxar e dormir esticados durante os trajetos mais largos.

No momento trata-se unicamente de um projeto. Os fabricantes de aviões estudam constantemente como poder oferecer inovações que os diferenciem da competição. Tetos transparentes, zonas de jogos infantis, ginásio, bares… No entanto, a execução nem sempre é infalível.

Um dos pontos principais é a segurança. Durante certas fases dos voos, como levantar voo, aterragens ou momentos de turbulências os passageiros devem estar sentados com o assento reto, pelo que com o uso da cama se vê complicado. De igual forma, a zona dos assentos são sempre superiores no avião, pelo que a localização das camas no porão também levanta dúvidas sobre a segurança em relação à capacidade para evacuar os passageiros ante uma emergência.

As aerolínhas incorporaram alternativas multiplas para que esteja entretido durante os voos transoceanicos. Música, jogos, filmes… Não obstante, não há melhor maneira de estar oito horas num avião que passando pelas brasas.

Durma rodeado de livros em Paris

Os amantes da leitura têm um novo destino para adicionar à sua lista de desejos. Se Paris é sempre um destino recomendável e apetitoso, a empresa Paris Boutik projetou uma estadia que fará qualquer amante de livros colocar a capital francesa na sua lista de prioridades.

‘La Librairie’, no bairro de Le Marais, é uma antiga livraria na rua que foi reformada e reconvertida para uma estadia hoteleira. A sala tem 4.500 livros em diferentes idiomas que você pode desfrutar durante a estadia.

Como você pode imaginar pelas imagens imagens, ‘La Librerie’ tem todos os tipos de detalhes. Cozinha completa, máquina de cápsulas de café, wi-fi, tv plana e minibar com uma seleção de bebidas gratuitas.

Este curioso hotel mantém a montra da livraria ao nível da rua e permite viver uma experiência única envolvendo-se na vida dos bairros de Paris. Claro, a suíte foi especialmente isolada para evitar que o barulho da cidade ocupada incomodasse o descanso. Qual é o livro que você sonha em ler em Paris?

Dormir pendurado de um precipício numa cápsula de vidro

Você ousaria dormir numa cápsula de vidro pendurada num penhasco? Esta é a ideia que foi realizada com as espetaculares Suites Skylodge Adventure. Estas cápsulas de vidro estão suspensas de um penhasco no vale sagrado dos incas no Peru.

Para poder apreciar as vistas incríveis que oferecem, você deve primeiro alcançar os 400 metros de altura onde se encontram. Dependendo dos seus gostos e condições físicas, pode escolher entre uma linha postal ou via ferrata. Quando chega, pode desfrutar da incrível vista panorâmica oferecida pelo vale.

Com uma capacidade total para doze pessoas, o complexo é composto por três cápsulas. Graças à sua estrutura em alumínio e policarbonato, as cápsulas são completamente resistentes e seguras. Cada uma das suítes tem quatro camas, uma sala de jantar e uma casa de banho privada.

Os quartos são projetados para uma única noite e incluem tanto a subida como a descida e o jantar e o pequeno-almoço. Além de se atrever a esta aventura, você deve ter 1.425 Sóis peruanos (que se convertem a 360€).

Fotos de Natura Vive (www.naturavive.com)

A falta de sono durante a menopausa causa depressão

Um estudo recente da Universidade de Illinois investigou a evolução dos diferentes estágios da menopausa num grande grupo de mulheres. Os pesquisadores chegaram à conclusão de que os problemas do sono variam durante os diferentes estágios da menopausa, no entanto, eles estão sempre relacionados a ondas de calor e depressão.

Para realizar este estudo, seguimos 776 mulheres com idade entre 45 e 54 anos durante um período de sete anos. Essas mulheres tiveram que responder a pesquisas e passar por exames de sangue anualmente. Desta forma, os pesquisadores recolheram dados sobre falta de sono, níveis hormonais e outros sintomas da menopausa.

Como resultado dos sete anos de pesquisa, concluiu-se que não houve correlação entre a falta de sono e os diferentes estágios da menopausa. Ou seja, as mulheres estudadas tiveram problemas de sono antes, durante ou após a menopausa sem poder estabelecer um padrão comum para a maioria.

No entanto, analisando todos os sintomas e fatores relacionados à menopausa, concluiu-se que tanto a aparência de ondas de calor como depressões estavam diretamente relacionadas aos estágios em que a falta de sono sofria. Portanto, os pesquisadores afirmam que lutar contra essas conseqüências da menopausa também significa reduzir os problemas de insónia e vice-versa.

Mais uma vez, mostra-se que uma boa noite de sono e descanso é a chave para o bem-estar.

O stress laboral pode arruinar o seu descanso

Você teve um mau dia? Nesse caso, é muito provável que seja devido a uma combinação de stress no trabalho e falta de sono. Uma pesquisa recente realizada nos Estados Unidos concluiu que, em média, cerca de 60 dias maus são vividos por ano.

De todos os dias que os entrevistados consideraram como maus, 80% relacionam com dias de trabalho particularmente difíceis e estressantes. Da mesma forma, até 67% vinculam os seus piores dias com a falta de sono. Na origem das dificuldades para dormir adequadamente é uma combinação de problemas entre os quais o mais proeminente é o stress no trabalho.

Outros problemas comuns que podem levar à falta de sono e fazer com que tenha um dia mau são preocupações com a falta de dinheiro, doenças ou planos ou objetivos pessoais que acabam sendo esquecidos.

Mais curiosas são outras respostas como aquelas dadas por oito por cento dos entrevistados que dizem ter um mau dia por causa de um mau resultado de sua equipa favorita. Muito mais compreensível são os 25% dos entrevistados que afirmam que podem passar um dia mau apenas pelo fato de não ter água quente quando se banha pela manhã.

Entre as respostas mais preocupantes para a saúde, além da falta de sono, encontramos até 34 por cento das pessoas que recorrem ao consumo de álcool como uma medida para compensar os seus dias maus. Ainda maior é o número de pessoas que se lançam em alimentos açucarados e não saudáveis.

Yoga Nidra, a nova tendência

É provável que tenha lido sobre o Yoga Nidra nas redes sociais ou que tenha visto isso anunciado na sua academia. Essa modalidade de ioga tornou-se uma tendência nos Estados Unidos e começa a ser conhecida na Europa. É uma técnica de meditação, que ao contrário de outras formas de yoga, é desenvolvida com o corpo completamente deitado e que realizado corretamente promete levar a um sentimento de realização e libertação pessoal.

Yoga Nidra procura levar o corpo e a mente a um estado intermediário entre estar acordado e adormecido. Essa modalidade de yoga tornou-se popular como um antídoto ou remédio aos stressantes ritmos atuais de vida. Hoje estamos continuamente conectados, recebendo estímulos de fora, com o consequente nível de stress que isso implica. Com o Yoga Nidra, procura-se aceder a um estado de repouso ou descanso.

Geralmente, a prática desse tipo de técnicas de meditação responde a uma meta ou necessidade pessoal, geralmente relacionada a períodos de alto stress. Em termos gerais, o Yoga Nidra ajuda a descansar melhor, a diminuir o stress, acabar com os maus hábitos e, finalmente, conhecer-se melhor a si mesmo.

Entre os benefícios desta modalidade de ioga está a sua facilidade. Qualquer um pode iniciar-se nesta técnica, desde crianças até idosos, já que você só precisa deitar-se no chão e seguir as instruções. Desde o início sentirá o efeito relaxante desse tipo de ioga, é provável que adormeça. À medida que avança na técnica, você alcançará os seus benefícios espirituais.

Num estudo, em que a atividade cerebral de pessoas que praticavam nidra yoga foi escaneada, os pesquisadores descobriram que os cérebros dos praticantes apresentavam estados semelhantes aos que ocorrem em sono profundo, mas estão plenamente conscientes.

Se a sua curiosidade se aguçou e gostaria de experimentar os benefícios desta técnica de meditação, você só precisa de um espaço silencioso para se deitar e ouvir alguns dos vídeos de podcast ou Yoga Nidra disponíveis on-line.

Reseteie o seu corpo

Você entra na cama, apaga a última luz e o quarto está em plena calma. No entanto, a sua mente permanece completamente ocupada. Projetos de trabalho, discussões familiares, objetivos não realizados … Você fechou os olhos, mas está bem acordado. Dá voltas na cama na cama ao mesmo ritmo que a sua mente revira todos os problemas que o perturbam. Num certo ponto da noite, olha para o relógio. As horas passaram, não conseguiu adormecer e o alarme continua com sua contagem decrescente imparável.

A sua mente precisa livrar-se de todas as preocupações que o atormentam e não há melhor maneira de fazer isso do que aproveitar um agradável descanso. Trata-se do cão que persegue a própria cauda.

Com o sono, o corpo reorganiza muitas das suas funções, como se fosse um “reset”. Com a digestão, por exemplo, o corpo é capaz de assimilar todos os macronutrientes que se descompuseram enquanto estava acordado. É também o momento em que muitos órgãos, como o rim, conseguem funcionar de forma mais eficaz. Também se provou que dormir durante as sete ou oito horas recomendadas melhora a memória, estimula a criatividade e geralmente garante melhor desempenho físico e mental.

No que diz respeito ao desempenho físico, dormir é tão importante quanto treinar e desempenha um papel crucial no processo de aumento da massa muscular ou resistência física. É durante o sono quando todos os tecidos que se romperam durante o exercício de uma atividade física são regenerados.

De Maxcolchon, não só oferecemos conselhos sobre conjuntos de descanso, mas também oferecemos conselhos e informações para que possa desfrutar de um descanso agradável. Fique atento ao nosso blog e redes sociais!

São realmente úteis as aplicações para medir o sono?

Nos últimos anos, as aplicações para telemóveis y smartwatch proliferaram para medir diferentes aspectos da vida cotidiana, como pulsações ou o número de passos que tomamos. A informação recompliada por este tipo de aplicações é muito interessante para medir o nosso desempenho quando realizamos atividades físicas. Recentemente, também foram desenvolvidas aplicações que aproveitam esta possibilidade para medir os nossos movimentos, para proporcionar informações sobre como dormimos. Mas a informação que nos fornece é útil?

Dormir adequadamente é um dos fatores mais determinantes para a nossa saúde e bem-estar. Há uma grande quantidade de estudos que associam benefícios múltiplos a um bom descanso, como melhor desempenho físico e mental ou menor risco de obesidade ou ataques cardíacos. Portanto, é lógico pensar que essas aplicações fornecem informações relevantes que melhorarão o nosso bem-estar. Mas essas aplicações são realmente capazes de medir o nosso sono?

Estas apps providenciam informações que podem ser úteis, no entanto, não são realmente capazes de medir a qualidade do sono. Para isso seria necessário um laboratório real. O que essas aplicações fazem é medir o movimento, informações que podem ser relevantes, pois quando você dorme, tende a permanecer quieto. Na verdade, durante o sono, há fases em que você mesmo passa por momentos de paralisia temporária.

Portanto, as aplicações para medir o movimento durante o sono já eram usadas por profissionais antes de se tornarem populares. As informações que fornecem podem ser interessantes para saber quanto tempo demora em adormecer. Analisando os dados durante um período de tempo, você pode obter resultados de como, por exemplo, trabalhadores por turnos ou pessoas que viajam muito e mudam constantemente os fusos horários para adaptar-se a diferentes horários de descanso. Consultar estas aplicações isoladamente para ver como dormiu a noite passada não teria um uso real. O cansado ou ativo que se sentir durante o dia continua a ser o indicador mais efetivo do seu descanso.

Conceitos básicos sobre a viscoelastica

Na hora de comprar um colchão, a escolha é sempre complicada. Geralmente costumamos a nos informar em sites de descanso, ou ir diretamente a uma loja de colchões para pedir informação e os profissionais começam a falar de viscoelastica, de densidade, de poros abertos ou de perfuração… O que quer dizer tudo isto?

Aqui lhe deixamos alguns conceitos básicos da viscoelastica que facilitarão a escolha do seu futuro colchão.

A primeira coisa que devemos saber é que a viscoelastica é um material que proporciona adaptabilidade a um colchão. Na hora de deitar-se, a viscoelastica se adapta ao corpo do dormente e reduz a pressão no descanso. Tendemos a dizer que este material tem efeito memória: significa que ele se ajusta à compleição física de cada dormente, para depois recuperar sua forma inicial quando nos levantamos.
Existem vários tipos de viscoelastica: pode ser espumada, moldada ou injetada. Dependendo da sua fabricação terá os poros mais ou menos abertos e será mais ou menos transpirável.

  • Viscoelástica espumada: É fabricada em moldes que podem medir até 60 metros. A composição é derramada nesses moldes, deixando que o líquido se expanda e se seque. Posteriormente, estes trilhos de viscoelástica são cortados para criar cada colchão de acordo com a medida necessária. Suas principais características são que tem um poro mais aberto e é muito respirável. Nosso colchão Paradise feito com este tipo de espuma.
  • Viscoelástica moldada: É a fabricada em moldes, geralmente de 2x2x2 em forma líquida deixando que se expanda. Como a anterior, uma vez esfriada, é cortada na medida necesaria. Nosso colchão Sojamax é feito com este tipo de viscoelastica. Suas principais características são:
    – Poro mais fechado do que a viscoela espumada já que, ao ser o molde menor, a viscoelastica expande-se em um espaço menor.
    – Acabamento mais suave e macio (pelo mesmo motivo mencionado acima)
    – Menos transpirável do que a anterior (há menos poros, o ar circula menos).
  • Viscoelástica injetada: É aquela que é injetada em moldes menores e, normalmente, na medida exata do colchão, tornando-se uma viscoelástica mais “personalizada” e usada para colchões de gama alta. Este tipo de viscoelastica é a que tem o nosso colchão Biogel Spa.
    Suas características são iguais às de a viscoelastica moldada no que se refere a tipo de poro, transpirabilidade e acabado mais liso.
  • Viscoelástica perfilada: Perfilada significa que distingue áreas diferentes de descanso. Eles são fabricado numa série de formas no material para que a sensação seja diferente dependendo da área do corpo com o qual entram em contato. Tanto a viscoelastica espumada, como a moldada e a injetada, podem também ser perfiladas (como no caso do nosso colchão Paradise).

Outras coisas a ter em conta sobre a viscoelastica:

  • Densidade: é a quantidade de viscoelastica por metro cúbico. Esta característica atua sobre a capacidade de envolver mais ou menos o corpo do dormente. Quanta maior densidade, mais firme se torna o colchão na primeira deitada, mas durante a noite nos envolve mais o corpo, e de uma forma gradual, melhora nossa circulação e ajuda a descontraturar o corpo.
  • Resiliência: É a capacidade do colchão para absorver os movimentos. Quanta mais resiliência tem, mais facilidade para se movimentar e ter melhor descanso durante a noite.
    Todos estes detalhes devem se ter em conta ao escolher um colchão porque nosso descanso depende da nossa compleição, de se dormimos sozinhos ou em casal, e claro, de nossos gostos na hora de dormir.

Todos estes detalhes devem se ter em conta ao escolher um colchão porque nosso descanso depende da nossa compleição, de se dormimos sozinhos ou em casal, e claro, de nossos gostos na hora de dormir.

 

Recheio nórdico natural. O qué ter em conta para escolher?

O qué ter em conta para escolher um recheio nórdico natural?

É importante ter em conta certas circustancias na hora de escolher um recheio nórdico natural de penugem já que tem muitos no mercado.

– É importante saber a qualidade do duvet: Um bom recheio nórdico é leve, macio e esponjoso e para que isto seja assim deve ter uma penugem de boa qualidade. A cor da penugem não é importante já que não afecta a qualidade do mesmo. De fato, o melhor Duvet do mercado é marrom e provém de uma espécie de pato chamado Eider.

– Qualidade do recheio: Quando o floco de duvet é de alta qualidade têm um grande volume com o que precissamos de uma quantidade menor de divet e por tanto o é menos pesado. Quando o duvet é de qualidades inferiores o floco é mais pequeno e por tanto precisa de maior quantidade para obter as mesmas qualidades técnicas.

Qualidade do tecido: o tecido deve ser leve, fresco, macio, transpirável e seguro para manter o recheio interior em perfeitas condições.

– Condições climáticas da casa e da zona geográfica da residência: é importante ter em conta a temperatura exterior da zona em que vivemos para escolher o nórdico correto com base a suas qualidades térmicas. Também deve ter em conta a temperatura do quarto, se têm ou não aquecimento para escolher seu nórdico.

– Tabique interior: a confecção a quadros e com paredes interiores é o que permite uma adequada distribuição do recheio evitando deslocamentos de éste.

– Tipo de pessoa: por último, mas não por isso menos importante, é ter muito em conta, se é friorento ou caloroso, e incluso se dorme sozinho ou acompanhado.

Quais são as diferenças entre Pena e Penugem?

Se têm de escolher entre pena e penugem, melhor penugem já que leva menos cana sendo isto melhor porque a cana não isola.

Dentro da penugem melhor o de Oca, mas têm muitos patos e muitas ocas e da procedência do animal vai depender que obtenhamos um Duvet de maior o menor qualidade. Os patos e ocas europeios são mais grandes por tanto o Duvet é de maior qualidade que os de procedência asiática que são mais pequenos.

A sua vez, quanta mais qualidade tenha a penugem precissaremos menor quantidade para cumprir o objectivo por isto os boms são tão leves.

Cómo podê comprovar é importante que antes de escolher um recheio nórdico natural se informe bem para escolher o mais adequado.

Se atendemos bem estes factores seremos capaces de escolher um bom recheio nórdico adequado as nossas necessidades.