Informações sobre o sono e descanso

Airthink: Limpe seu colchão de forma simples

O colchão é um lugar perfeito para a proliferação de ácaros e bactérias indesejáveis, fazendo que as condições de saúde e manutenção da equipe do descanso não sejam as favoráveis. Em Maxcolchon queremos lhe fazer a vida mais fácil, colocando a sua disposição AIRTHINK. Conheça-o!

Nossas equipes de descanso requerem de uma limpeza cuidada para que suas qualidades de descanso e confort se mantenham intactas. Por este motivo, incorporamos ao nosso catálogo um produto novedoso, fácil de utilizar sobre o colchão e a roupa de cama e, além disso, de forma segura.

O eficaz aspirador e higienizador Airthink, é o aliado perfeito para acabar com bactérias e acaros de forma segura, eficaz e manejável. Sua completa função de limpeza irá criar um entorno seguro em um dos elementos em que mais tempo passamos quando estamos em casa, evitando a aparição de reacções alérgicas ou infecções.

Como é que funciona Airthink?

Airthink tem 4 etapas de ação sobre a superfície que deseje higienizar. O resumo destas 4 etapas é deixar o produto no qual agimos, livre de poeira, limpo e desinfectado.

1. Duas almofadinhas vibratorias
Airthink tem um sistema patenteado que agita às partículas microscópicas e parasitos para levá-los para a superfície do colchão. Uma vez na superfície podem ser tratados e reduzidos. Lembre-se que Airthink também deve ser usado na roupa de cama para obter um resultado completo.

2. Sistema UV-C
Trata-se de uma radiação ultravioleta bactericida em 254nm de alta potência. Seu efeito é que bactérias, fungos, ácaros e outros organismos morram deixando a superfície, que está em contato com nosso corpo, livre deles ou reduzir consideravelmente a sua presença.

3. Aspiração de sujeira
Airthink usa sua poderosa sucção com 3 modos de potência para proceder com à aspiração de poeira, ácaros e outros restos.

4. Filtração em 2 etapas
Airthink se compõe de um cartucho de filtração de pequeno tamanho, mas com grande eficiência que o que faz é capturar as partículas maiores. Tem um filtro HEPA de microfiltração que capta as partículas de até 0,35 microns.

Este filtro faz que não retorne o ar e possamos respirar evitando os problemas que produzem as partículas inferiores a 2,25 microns ao passar ao alvéolo pulmonar e depois para o sangue, como problemas cardio-respiratórios.

Limpeza e manutenção de Airthink

Como qualquer aspirador Airthink precisa limpar-se após cada uso, a fim de manter suas propriedades intactas. Temos que ter em conta as partes do aspirador para saber limpar cada uma delas. Não se preocupe, é simples e fácil.

• Limpe o recipiente, esvazie o seu conteúdo e lave com água morna e detergente suave.

• Limpe o filtro. Não devera se molhar. Use o pincel que vem com o aspirador para esta finalidade.

• Limpe a escova giratória. Para limpar a escova, você precisará removê-lo do aparelho. Para isso, tem que remover os parafusos da placa inferior, retirá-la e extrair a escova rotativa para limpá-la com uma escova macia.

• A lâmpada UV não é necessária removê-la para se limpar, simplesmente passe um pano seco sobre a mesma e ficará limpa. Uma vez realizada a limpeza destes elementos coloque tudo em seu lugar.

• Substituir a lâmpada de UV: Para substituir a lâmpada de UV é necessário extrair os parafusos da placa inferior para retirar a lâmpada usada e substituí-la com a nova. Para extrair a placa tem que girar a lâmpada UV para cima até abrir os conectores. Para todo funzionar bem compre a nova lâmpada de UV em um distribuidor autorizado. Lembre-se guardar o aspirador Airthink é um lugar protegido, seco e fresco.

Desde Maxcolchon recomendamos a limpeza do colchão de forma asidua. Devido à falta de tempo que tendemos a ter, é recomendável no minimo, uma limpeza cada 15 días com o aspirador Airthink. Lembramos também que prolongarás sua vida e protegerá muito melhor seu colchão com a utilização de um cobre-colchão.

O uso de Airthink é realmente simplés, tendo unicamente que conectá-lo a uma tomada, e uma vez ligado, selecionar a potência e o uso de aspiração ou vibração. Conta com 2 anos de garantía e irá supoer uma melhora na vida util de sua equipa de descanso. Super recomendável!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

A falta de sono e Alzheimer

Um recente estudo demonstrou que a falta de sono está conectada com maiores níveis de uma proteína chamada beta-amiloide, conhecida pela sua relação com Alzheimer.

Para realizar o estudo, reuniram-se 20 participantes para que dormissem uma noite no Instituto Nacional de Saúde de Maryland (E.E.U.U.). Depois de uma noite de sono, foram submetidos a um scanner com o qual monitorizaram os níveis de proteínas no cérebro. Aproximadamente duas semanas depois, cada um dos participantes voltou a passar outra noite no centro. No entanto, desta vez foram despertados a cada hora, não sendo permitidos dormir profundamente. Depois de mais de 30 horas onde foram obrigados a manter-se acordados voltou-se a repetir o mesmo scanner cerebral.

Os resultados foram evidentes. Dezanove dos vinte participantes, com idades variantes desde os 22 aos 72 anos, mostraram níveis de beta-amiloides muito superiores depois de uma noite de não poder dormir corretamente. Ainda que estes níveis não eram preocupantes para o surgimento do Alzheimer, o estudo sugere uma conexão provável entre os hábitos de sono e o surgimento posterior desta doença.

Em parte, o Alzheimer diagnostica-se detetando grandes placas de beta-amiloide realizando estes mesmos scanner. Não obstante, ainda não se pode esclarecer qual é o motivo que cria o surgimento desta proteína.

Todas as pessoas produzem pequenas quantidades de beta-amiloide nos cérebros como parte do processo de generação de outras proteínas. No entanto, o próprio cérebro acaba por limpar esta proteína. Os investigadores não puderam detetar ainda se os maiores níveis de beta-amiloide se devem a que a falta de sono detém ou afeta o processo de limpeza do cérebro ou se esta se produz em quantidades maiores ao estar tantas horas acordado.

O que este estudo, igual a muitos outros, sim sugere é que a falta do descanso devido afeta o funcionamento correto do nosso cérebro.

Imagine voar na comodidade de uma cama

O fabricante europeu de aviões Airbus anunciou que estuda criar zonas de descanso com camas no andar inferior dos seus novos modelos.

Airbus trabalha com o fabricante de assentos Zodiac Aerospace no design de camas para serem instaladas nos porões dos aviões. A ideia é que o novo modelo Airbus A330, cujo lanzamento está previsto para 2020, incorpore camas para que os passageiros possam relaxar e dormir esticados durante os trajetos mais largos.

No momento trata-se unicamente de um projeto. Os fabricantes de aviões estudam constantemente como poder oferecer inovações que os diferenciem da competição. Tetos transparentes, zonas de jogos infantis, ginásio, bares… No entanto, a execução nem sempre é infalível.

Um dos pontos principais é a segurança. Durante certas fases dos voos, como levantar voo, aterragens ou momentos de turbulências os passageiros devem estar sentados com o assento reto, pelo que com o uso da cama se vê complicado. De igual forma, a zona dos assentos são sempre superiores no avião, pelo que a localização das camas no porão também levanta dúvidas sobre a segurança em relação à capacidade para evacuar os passageiros ante uma emergência.

As aerolínhas incorporaram alternativas multiplas para que esteja entretido durante os voos transoceanicos. Música, jogos, filmes… Não obstante, não há melhor maneira de estar oito horas num avião que passando pelas brasas.