Informações sobre o sono e descanso

Diga não ao Doce antes de dormir

Diga não ao Doce antes de dormir

Todo o mundo em algum momento tem ido à geladeira antes de dormir. Em silêncio invadimos a geladeira para terminar ficando na cama com algum doce se derretimento em nosso paladar.

Pode ser chocolate, algum caramelo ou guloseima ou até mesmo com um pedaço de torta que olha para nós desde a prateleira. Esses pequenos prazeres, que em ocasiões nos damos e que autojustificamos, com os típicos, bom é só um dia, não é tão inofensivo quanto pode parecer-nos. Tem grande impacto sobre o nível de açúcar assimilado pela noite e em como o mesmo influência na nossa saúde.

A insulina é o hormônio responsável pela regulação do açúcar e que atúa após a ingestão de alimentos extraíndo sua energia e reservando-la nos armazenes que são o tecido adiposo. No entanto, enquanto dormimos nosso corpo é menos nosso corpo e tem menor sensibilidade à insulina, pelo que não estaremos acumulando esse açúcar sem controle.

Marta Garaulet, Professor da Universidade de Múrcia, juntamente com o diretor da divisão de medicina do sonho de Harvard, Frank A.J.L conduziram um estudo em relação a como nosso tecido adiposo também é afetado pelos ritmos circadianos do nosso corpo.

Parece ser que há um relógio circadiano adiposo que afeta à Regulação da sensibilidade da insulina e, portanto, modifica a nossa tolerância à glicose. Este relógio adiposo também funciona melhor em aquelas pessoas quevão cedo para descansar e tem horários regulares.

Tomar doces pela noite pode chegar a supõer que tenhamos um maior risco de sofrer de diabetes ou obesidade, embora se dormimos o suficiente e limitamos nosso consumo de açúcar às horas mais ativas do dia pode diminuir essa probabilidade.

 Então agora você já sabe, a próxima vez que você vai para a geladeira antes de dormir, pense duas vezes o que vai escolher.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O que é uma almofada cervical?

Uma almofada é um produto necessário e essencial em cada descanso. A sua utilidade é oferecer um apoio ideal da cabeça e ajudar a manter uma postura correta durante o descanso. A sua recepção provoca um relaxamento do colo do útero, o que favorece um sono noturno de qualidade e a reparação. De acordo com o seu design e componentes, o catálogo de almofadas Maxcolchon tem diferentes tipos. Para o material, há almofadas disponíveis de viscoelástica, látex, fibra ou caneta de toque. Quanto ao seu design, eles podem ser padrão ou ter variações, como perfurações, recessos ou recessos cervicais.

A almofada cervical é um produto a ser considerado para qualquer tipo de dorminhoco. A peculiaridade deste tipo de almofada reside no seu design, diferente do resto dos artigos. A almofada cervical tem uma curvatura na parte central, uma diferença aproximada de 2,5 cm entre a parte superior e inferior. Seu design, além de exclusivo, é característico deste tipo de produtos.

Quais são as vantagens de uma almofada cervical? Além de seu design, outro ponto importante é sua composição. O viscoelástico, macio e moldado, adapta-se às pressões e garante que os cervicais tenham descanso adequado e evitem lesões. Uma almofada cervical se destaca pela sua ergonomia, o que o torna um suporte adequado para o pescoço, bem como prevenir desconforto. Além disso, evita posturas forçadas e permite repouso adequado aos cervicais.

A almofada cervical Maxcolchon é fabricada com um viscoelástico moldado que segura o pescoço com precisão. Isso permite que uma capacidade de prevenção de problemas cervicais seja ideal. Uma almofada cervical protege o dormente de posturas cervicais más causadas durante o sono da noite, o que evita problemas maiores. Além de sua capacidade de prevenir a dor, os especialistas geralmente recomendam uma almofadacervical para pessoas com doenças na área.

Além de suas funções na liberação de pressão e no cuidado da região cervical, a almofada cervical garante um descanso confortável. Um produto que garante uma adaptabilidade máxima ao colo do útero e que cuida da saúde de cada dorminhoco. Um aliado fantástico na prevenção de problemas cervicais e na correção de más posturas. Quando o descanso e a saúde andam de mãos dadas.

Conselhos para que a mudança de hora não afecte

Desde que as intenções de Bruxelas foram anunciadas sobre a mudança de tempo, que se criou um tema de debate que anda na boca de todos. Lembre-se que durante as primeiras horas do sábado, 20 de outubro a domingo 21, os relógios serão atrasados uma hora. Quer dizer, que às 3 horas da manhã eles serão 2 horas, como de costume todos os anos nessas datas.

A principal novidade do horário de inverno é a redução das horas de sol durante o dia. Por esta razão, o corpo deve-se adaptar para viver mais à noite e ter menos luz solar. Isto é, que o organismo de cada um deve habituar-se a viver à noite. Essa mudança altera o nosso dia a dia e gera um processo de adaptação necessário. Além disso, essa mudança no ritmo biológico tem perjúgios para o corpo. Aumenta os distúrbios do sono, fadiga e falta de concentração.

Para evitar que esse pequeno jet lag afete o corpo mais do que o necessário, é aconselhável cuidar de certas rotinas mais do que nunca.

  1. Controle os seus horários de sono. Você deve marcar as suas horas de descanso noturno. Embora não seja fácil “forçar-se” a dormir, é necessário ter um controle que garanta um sono de qualidade. Definir um horário fixo para ir dormir e tentar cumpri-lo é um bom passo para se adaptar.
  2. Cuide da sua dieta Ter uma dieta balanceada é necessário para um bom descanso. Se falamos sobre a noite de sono, o jantar é uma refeição ainda mais importante. É aconselhável jantar pelo menos duas horas antes de ir dormir. Além disso, o jantar deve ser leve e fornecer bons nutrientes para o corpo.
  3. Mantenha afastado qualquer bebida estimulante. Café, chá ou qualquer bebida energética lhe dá uma energia muitas vezes desnecessária e subtrai as horas necessárias de sono. Estas bebidas alteram o seu relógio do sono. Evite esses tipos de bebidas, especialmente na segunda metade do dia. Você também não deve tomar medicamentos relaxantes ou para dormir.
  4. Exercício, importante sempre. É mais aconselhável fazer atividade física durante as manhãs e evitar fazê-lo no último minuto. Isso coloca a pessoa em forma, relaxa e alivia as tensões. Uma atividade onde ganha observando onde você está.
  5. Mantenha os dispositivos eletrónicos longe de si. Evite qualquer distração que possa criar o seu computador, tablet, celular ou televisão. Isole-se de objetos e atividades que possam desestabilizá-lo do adormecimento. É sempre aconselhável preparar o seu quarto para que a sua única preocupação seja dormir.