Informações sobre o sono e descanso

Mitos sobre o descanso – Parte 2/2

Alguns dias atrás conseguimos desmentir alguns dos mitos relacionados com o descanso e o sono, dando significado para esses ditos populares que desde bem pequenos temos ouvido ao nosso redor. Hoje lhe trazemos a segunda parte, com outros 7 mitos ou lendas dignas de dissecar.

Não perca!

Max-Mito n ° 8: O colchão não é mudado até que nos resulte molesto.

Este mito é, talvez, um dos mais erroneos que podemos encontrar. É um erro pensar que, embora o colchão aparentemente não tenha nenhum defeito, passados os anos recomendáveis continuará sendo igual de benéfico para o nosso descanso.

Antigamente o colchão era mudado quando este començava a ser molesto, tinha deformações, manchas, saian as molas (após 20 anos usando-o diariamente). Felizmente, hoje em dia somos mais conscientes de que a vida de um colchão, para que esteja ao 100% de rendimento e tenha suas características em perfeitas condições, não deve ser superior a 8 ou 10 anos.

Max-Mito Nº 9: Quando mais velhos ficamos, menos dormimos.

Ainda correndo o risco de contradizer o que a maioria das pessoas pensa, este mito é totalmente falso. A idade adulta não tem nada a ver com a quantidade de horas necessárias para descansar, ja que esse fator é determinado pela genética de cada pessoa, não da idade da mesma.

Embora seja verdade que, quando ficamos mais velhos, menos atividades realizadas durante o dia e, portanto, menos cansados, pois o desgaste fisico é menor. Se ficarmos menos cansados, nosso corpo não precisa de muitas horas de sono para se recuperar totalmente.

No entanto, a crença de que pessoas mais velhas não precisam dormir muito é falsa.

Max-Mito nº10: Contar ovelhinhas ajuda a dormir.

Um dos remédios contra insônia mais popular é o ditado de “Contar ovelhas”. Quem não ouviu falar alguma vez na sua vida estas palavras? Pois não amigos, as ovelhas não tem nenhuma caracteristica que provoquesonolência em nós. Bem poderiamos contar veados, elefantes ou gafanhotos, que resultariam no mesmo…  ficar entediados.

Isso é exatamente o que é produzido no dormente, um tédio soberano que faz não deixar de imaginar uma ovelha tras outra pulando por um campo. Tédio que faz com que deixemos de contar, pois a informação armazenadano nosso cérebro com este ato é realmente escassa e não obtem qualquer relaxamento ou efeito soporífero sobre nós.

[O mito foi levado para estudar na Universidade de Oxford, onde conseguiram demonstrar com uma prova de cinqüenta voluntários que sofriam insônia, que o fato de contar ovelhas não consegue que durmamos antes, na verdade, pode chegar a desesperar ao dormente e que demore mais em dormir.]

Max-Mito nº11: Durante o fim de semana, aproveite para recuperar o sono perdido.

Novamente temos um falso mito. Não podemos descompensar os Biorritmos do corpo dessa forma, pensando que se durante a semana dormimos menos, vai precisar recarregar-secomo a bateria de um celular durante o fim de semana. É uma ideia errada e prejudicial.

Nosso corpo precisa de constância na hora de dormir, pelo que se realizamos esta prática pode alterar o nosso ritmo de descanso e que nos afetem negativamente, fazendo aparecer distúrbios do sono ou outras dificuldades.

Portanto, lembre-se: siga uma rotina de sonho adaptada às suas necessidades durante todos os dias da semana, sem exceções.

Max-Mito nº12: Se relaxe asistindo a TV antes de dormir.

mito-tvRelaxamento? Não. É claro que não vamos nos relaxar, enquanto assistimos à televisão. Em qualquer caso, ficamos distraídos e ocupamos nossas mentes em aquilo que estamos vendo.

Um estado de relaxamento gera uma respiração mais pausada, diminuição da frequência cardíaca, relaxamento dos músculos… Nossa mente não pode chegar a esse estado, nem tambem não o nosso corpo quando estamos assistindo televisão.

Ja seja a TV ou qualquer outro dispositivo eletrônico,não vai obter relaxamento, pelo contrário, vai se distraer e farão com que não se relaxe completamente. Outra questão é que esteja tão cansado que consiga dormir ainda assistindo TV.

Max-Mito nº13: Beber álcool ajuda a dormir.

Aprofundaremos mais sobre este assunto em um post posterior, mas por agora, queremos deixar claro que, embora pareça que a sensação quando estamos embriagados é de leve sonolencia e necessidade de um descanso reparador, quando o nosso corpo processa o álcool, o efeito pode ser o oposto, como um estimulante que interrompe e perturba nossa continuidade e qualidade do sono.

Portanto, se beber não dirija… e também no o faça antes de ir a dormir.

Max-Mito nº14: Não tenho sono, mas vou ficar na cama descansando.

Todas as pessoas que sofrem de distúrbios do sono e insônia vão conhecer a sensação de deitarse na cama e dar voltas e mais voltas sem chegar a cair no sono. Mesmo às vezes torna-se frustrante e provoca ansiedade no corpo que impede ainda mais conciliar o sono ou se relaxar.

Nestes casos, não é aconselhável ficar na cama, se você não é capaz de dormir. Sua mente tem de ficar claro que a cama é um lugar de uso principal para dormir, pelo que recomendamos levantar-se, mudar de ambiente, tomar qualquer infusão ou um copo de leite morno (remédios naturais que ajudam a relaxar a excitação do corpo), ouvir música pausada…

Em resumo

Nós passamos mais de um terço da nossa vida na cama, pelo que será melhor que levemos em conta as recomendações de médicos e especialistas no descanso.

De acordo com especialistas em saúde, para evitar problemas em nosso sistema e evitar a aparição de distúrbios do sono, o mais recomendável saudável é manter uma dieta baixa em gorduras e sais, beber uma média de dois litros de água por dia, exercitar-se com uma média de 30 minutos por dia, assim como evitar o consumo de bebidas alcoólicas e moderar o café que tomamos diariamente. Uma boa equipe de descanso é essencial para que, juntamente com todas estas recomendações, o descanso seja reparador.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O que é uma almofada cervical?

Uma almofada é um produto necessário e essencial em cada descanso. A sua utilidade é oferecer um apoio ideal da cabeça e ajudar a manter uma postura correta durante o descanso. A sua recepção provoca um relaxamento do colo do útero, o que favorece um sono noturno de qualidade e a reparação. De acordo com o seu design e componentes, o catálogo de almofadas Maxcolchon tem diferentes tipos. Para o material, há almofadas disponíveis de viscoelástica, látex, fibra ou caneta de toque. Quanto ao seu design, eles podem ser padrão ou ter variações, como perfurações, recessos ou recessos cervicais.

A almofada cervical é um produto a ser considerado para qualquer tipo de dorminhoco. A peculiaridade deste tipo de almofada reside no seu design, diferente do resto dos artigos. A almofada cervical tem uma curvatura na parte central, uma diferença aproximada de 2,5 cm entre a parte superior e inferior. Seu design, além de exclusivo, é característico deste tipo de produtos.

Quais são as vantagens de uma almofada cervical? Além de seu design, outro ponto importante é sua composição. O viscoelástico, macio e moldado, adapta-se às pressões e garante que os cervicais tenham descanso adequado e evitem lesões. Uma almofada cervical se destaca pela sua ergonomia, o que o torna um suporte adequado para o pescoço, bem como prevenir desconforto. Além disso, evita posturas forçadas e permite repouso adequado aos cervicais.

A almofada cervical Maxcolchon é fabricada com um viscoelástico moldado que segura o pescoço com precisão. Isso permite que uma capacidade de prevenção de problemas cervicais seja ideal. Uma almofada cervical protege o dormente de posturas cervicais más causadas durante o sono da noite, o que evita problemas maiores. Além de sua capacidade de prevenir a dor, os especialistas geralmente recomendam uma almofadacervical para pessoas com doenças na área.

Além de suas funções na liberação de pressão e no cuidado da região cervical, a almofada cervical garante um descanso confortável. Um produto que garante uma adaptabilidade máxima ao colo do útero e que cuida da saúde de cada dorminhoco. Um aliado fantástico na prevenção de problemas cervicais e na correção de más posturas. Quando o descanso e a saúde andam de mãos dadas.

Conselhos para que a mudança de hora não afecte

Desde que as intenções de Bruxelas foram anunciadas sobre a mudança de tempo, que se criou um tema de debate que anda na boca de todos. Lembre-se que durante as primeiras horas do sábado, 20 de outubro a domingo 21, os relógios serão atrasados uma hora. Quer dizer, que às 3 horas da manhã eles serão 2 horas, como de costume todos os anos nessas datas.

A principal novidade do horário de inverno é a redução das horas de sol durante o dia. Por esta razão, o corpo deve-se adaptar para viver mais à noite e ter menos luz solar. Isto é, que o organismo de cada um deve habituar-se a viver à noite. Essa mudança altera o nosso dia a dia e gera um processo de adaptação necessário. Além disso, essa mudança no ritmo biológico tem perjúgios para o corpo. Aumenta os distúrbios do sono, fadiga e falta de concentração.

Para evitar que esse pequeno jet lag afete o corpo mais do que o necessário, é aconselhável cuidar de certas rotinas mais do que nunca.

  1. Controle os seus horários de sono. Você deve marcar as suas horas de descanso noturno. Embora não seja fácil “forçar-se” a dormir, é necessário ter um controle que garanta um sono de qualidade. Definir um horário fixo para ir dormir e tentar cumpri-lo é um bom passo para se adaptar.
  2. Cuide da sua dieta Ter uma dieta balanceada é necessário para um bom descanso. Se falamos sobre a noite de sono, o jantar é uma refeição ainda mais importante. É aconselhável jantar pelo menos duas horas antes de ir dormir. Além disso, o jantar deve ser leve e fornecer bons nutrientes para o corpo.
  3. Mantenha afastado qualquer bebida estimulante. Café, chá ou qualquer bebida energética lhe dá uma energia muitas vezes desnecessária e subtrai as horas necessárias de sono. Estas bebidas alteram o seu relógio do sono. Evite esses tipos de bebidas, especialmente na segunda metade do dia. Você também não deve tomar medicamentos relaxantes ou para dormir.
  4. Exercício, importante sempre. É mais aconselhável fazer atividade física durante as manhãs e evitar fazê-lo no último minuto. Isso coloca a pessoa em forma, relaxa e alivia as tensões. Uma atividade onde ganha observando onde você está.
  5. Mantenha os dispositivos eletrónicos longe de si. Evite qualquer distração que possa criar o seu computador, tablet, celular ou televisão. Isole-se de objetos e atividades que possam desestabilizá-lo do adormecimento. É sempre aconselhável preparar o seu quarto para que a sua única preocupação seja dormir.