Informações sobre o sono e descanso

Influem os sonhos no descanso?

Estamos voando acima de um dragão, seus longos cabelos quase me dão no rosto. Digo estamos porque junto à mi há um colega de escola que está sentado ao meu lado e há anos que não vejo. Aqui tudo parece perfeitamente normal. Após a aterrissagem, eu tenho que sair correndo porque o chão tem alguns espaços para caminar e outros espaços com lava. Enquanto vou correndo rapidamente, muito rápido, percebo que meus dentes estão caindo. Os recolho e os guardo em uma mala que curiosamente eu tenho na mão e que não tinha notado até agora. Acordo.

isla de los sueños
Sim, não poderia ser nada além de um sonho e dos agitados. Mas, felizmente, isso foi apenas um sonho e não nos afecta na realidade, ou sim?
Depois de uma noite de sonhos criativos e divertidos, mas tambem absurdos e sem ligação, muitos temos a sensação de que não temos desfrutado de uma boa noite de sono. Após este tipo de sonhos, estamos cansados, por vezes mesmo exaustos e agora temos que enfrentar o desafio de um novo dia. Tem isto mesmo uma relação direta? Aquilo que sonhamos nos afeta fisicamente?

De acordo com médicos especializados em medicina do sono para lembrar-nos de um sonho, temos que acordar no meio dele. Ou seja, se não acordarmos no meio do sonho não lembramos o que estamos sonhando em aquele preciso momento. Pela mesma regra, as pessoas que não têm despertares durante a noite são as que não se lembram do que sonharam. Lembrar-se dos sonhos significa que a pessoa teve vários microdespertares durante a noite e estes despertares implicam um mal descanso. De acordo com o Dr. Eduard Estivil:

“A relação não é causal: não é que as pessoas que sonham muito acordam mais vezes, senão mais bem que as pessoas que têm sono instável tendem a ser mais conscientes de sua atividade mental”.

  • As razões pelas quais deveria consultar com um especialista sobre sonhos são:
    Se seu conteúdo é “ruim” ou assustador, ou seja, se eles são pesadelos muito recorrentes.
  • Ou sua intensidade é muito alta. Ser muito lúcida carrega muito abruptos movimentos do nosso corpo e pode até causar ferimentos mesmo.

Normalmente, estes são sintomas sem importância, mas eles podem esconder qualquer patologia, pelo que não custa nada consultar um especialista se eles são excessivamente irritantes em qualquer um destes sentidos.

Então, é melhor que não recordáramos o que sonhamos? A resposta é não. O fato de sonhar é mais positivo do que negativo, pois indica que estamos na fase REM, que é muito benéfica para o cérebro. Nesta fase REM o cérebro está se recuperando e regerando novas conexões neurais isto é benéfico para a memória e muitos aspectos da nossa saúde. O “problema” seria quando os lembramos sempre, o que significaria que não dormimos muito bem e isso pode se tornar um problema para o nosso desempenho.

E você tende a lembrar o que sonhou? Seja o que for desejamos que sempre sejam BONS SONHOS para assim assegurar uma boa noite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Que almofada escolha segundo a minha postura de dormir?

A escolha de cada produto para descanso é importante e deve ser acordada. Cada artigo deve ser escolhido tendo em conta fatores diferentes. Altura, peso, posição habitual ou incidências de sono são algumas condições importantes, mas não as únicas. Apesar do seu pequeno tamanho, uma almofada é um companheiro essencial numa base diária, além de um bom “consultório”. Pelo seu necessário papel no descanso cervical, ter a almofada adequada melhora o descanso e o dia-a-dia.

Primeiro de tudo, antes de aprofundar sobre a posição, é importante destacar os tipos de almofadas que existem de acordo com o seu material. As almofadas podem ser de látex, fibra, tatp de penas ou viscoelástico. O repertório de almofadas viscoelásticas é o mais variado dentro do catálogo de almofadas Maxcolchon. Este tipo de almofada possui diferentes variantes em cada modelo e destaca-se pelo seu conforto e liberação de pressão. Quanto às posturas para dormir, esse repertório é menos extenso, já que só podemos dormir de costas, de barriga para baixo e de lado. Cada tipo de postura tem um tipo de almofada ideal para essa posição.

  1.  Durma de costas – A altura deve ser intermediária para esta posição e ter uma firmeza média. Desta forma, a almofada respeita os espaços de descanso e não gera muita pressão na musculatura.almofada viscoelástica é boa para a postura mais frequente dos dormentes. A altura neste caso é recomendada para ser alta e de maior densidade.
  2.  Dormir de bruços – Deve notar-se que esta posição não é recomendada, e tem uma série de riscos que pioram o nosso descanso. No entanto, as almofadas de menor espessura e firmeza são os mais adequados.

O VISCOELÁSTICO, O MATERIAL MAIS POLIVALENTE

Como você leu antes, a almofada viscoelástica é aquela que tem uma maior variedade de repertório no catálogo Maxcolchon. Estes permitem uma maior adaptabilidade e uma ótima pressão sobre o colo do útero. Deve-se notar a variedade de usos que essas almofadas têm. O catálogo de almofadas viscoelásticas de Maxcolchon possui modelos com diferentes intensidades e variáveis ​​em termos de firmeza e composição interna. Este tipo de almofadas encontram-se na grande maioria das situações, e eles destacam-se pela sua versatilidade.

O que é uma almofada cervical?

Uma almofada é um produto necessário e essencial em cada descanso. A sua utilidade é oferecer um apoio ideal da cabeça e ajudar a manter uma postura correta durante o descanso. A sua recepção provoca um relaxamento do colo do útero, o que favorece um sono noturno de qualidade e a reparação. De acordo com o seu design e componentes, o catálogo de almofadas Maxcolchon tem diferentes tipos. Para o material, há almofadas disponíveis de viscoelástica, látex, fibra ou caneta de toque. Quanto ao seu design, eles podem ser padrão ou ter variações, como perfurações, recessos ou recessos cervicais.

A almofada cervical é um produto a ser considerado para qualquer tipo de dorminhoco. A peculiaridade deste tipo de almofada reside no seu design, diferente do resto dos artigos. A almofada cervical tem uma curvatura na parte central, uma diferença aproximada de 2,5 cm entre a parte superior e inferior. Seu design, além de exclusivo, é característico deste tipo de produtos.

Quais são as vantagens de uma almofada cervical? Além de seu design, outro ponto importante é sua composição. O viscoelástico, macio e moldado, adapta-se às pressões e garante que os cervicais tenham descanso adequado e evitem lesões. Uma almofada cervical se destaca pela sua ergonomia, o que o torna um suporte adequado para o pescoço, bem como prevenir desconforto. Além disso, evita posturas forçadas e permite repouso adequado aos cervicais.

A almofada cervical Maxcolchon é fabricada com um viscoelástico moldado que segura o pescoço com precisão. Isso permite que uma capacidade de prevenção de problemas cervicais seja ideal. Uma almofada cervical protege o dormente de posturas cervicais más causadas durante o sono da noite, o que evita problemas maiores. Além de sua capacidade de prevenir a dor, os especialistas geralmente recomendam uma almofadacervical para pessoas com doenças na área.

Além de suas funções na liberação de pressão e no cuidado da região cervical, a almofada cervical garante um descanso confortável. Um produto que garante uma adaptabilidade máxima ao colo do útero e que cuida da saúde de cada dorminhoco. Um aliado fantástico na prevenção de problemas cervicais e na correção de más posturas. Quando o descanso e a saúde andam de mãos dadas.