As histórias de medo, inimigos para o seu descanso

Out 31, 2018 | ACONSELHAMOS-TE, CRIANÇAS | 0 comments

O Halloween é uma noite marcada pelo medo e terror. Todos os filmes, cartazes, festas temáticas e conjuntos giram em torno do mesmo tema. Em torno do terror e do medo, o Halloween se tornou uma noite popular nos Estados Unidos e cada vez mais nos cantos do mundo. Todos nós já fomos crianças – e não tão crianças – e passamos uma noite contando histórias assustadoras. Quantos não conseguiram adormecer depois de “jogar” isso?

As histórias de medo e terror recriam situações fictícias, com um quadro real ou surrealista, que provocam inquietação e arrepios. Como você leu em publicações anteriores, um dos pontos mais importantes para ter uma boa noite de sono é preparar a mente para o descanso. Embora ler e assistir a uma série ou filme sejam atividades que possam preparar bem o resto, é conveniente saber como escolher o conteúdo delas.

Que tipo de histórias e histórias são ótimas para um bom descanso? Existem muitos, mas, independentemente do sexo, todos eles têm algo em comum: limpar a mente e fazer com que você se sinta bem para descansar. As histórias de terror, apesar de nascerem da imaginação do criador e recriar eventos sobrenaturais, geralmente partem de situações que podem ocorrer na vida real. Embora o nó e o resultado da história sejam surreais, os toques do realismo da abordagem fazem com que você se pergunte se o que está a ver pode acontecer. Em resumo, histórias de terror geram certas inseguranças que alteram a mente antes de descansar.

AMBIENTES EM HISTORIAS DE TERROR

Os ambientes onde as histórias de terror se desenvolvem são bastante peculiares a esse tipo de relatos. Por essa razão, é comum associar certos lugares e contextos a histórias de medo. Quais? Na lista a seguir, as mais recorrentes:

  • Noite e escuridão. Os ambientes lúgubres são os mais frequentes. Eles estão longe da alegria e da cor dos lugares ensolarados e lúcidos. Nestes contextos é mais fácil criar situações de tensão e insegurança. Esses climas são ideais para o desenvolvimento da história.
  • Castelos e “casas assombradas”. Castelos e casas num ambiente sombrio e escuro, em cantos onde o sol raramente se levanta. Lugares que, apesar de possuírem uma arquitetura admirável, estão cercados por um ambiente que lhes dá mistério.
  • Solidão. Ter protagonistas sozinhos diante do perigo e e que encaram o mistério reforça a história de insegurança e medo. Nestas histórias, o personagem principal está sempre numa situação de inferioridade contra o fenómeno no qual o filme é baseado.

Geralmente, esses são os principais ingredientes que compõem as histórias aterrorizantes e assustadoras. Quem não esteve numa dessas situações e imediatamente se lembrou de uma história de terror que lhe custou tanto assimilar?