Benefícios de um bom descanso infantil

Set 12, 2020 | ACONSELHAMOS-TE, CRIANÇAS |

O descanso infantil é um dos pilares fundamentais que ajudarão ao crescimento e desenvolvimento corretos dos mais pequenos. Como já sabemos, as crianças precisam de dormir e de descansar bem (entre 8 a 11 horas diárias) para crescer, desenvolver, aprender e amadurecer fisicamente e emocionalmente. No entanto, com o ritmo de vida atual associado às mudanças impostas desde que passámos do século XX ao século XXI (redes sociais, internet, ansiedade, competitividade no emprego), podemos por vezes esquecer esta importância. Se está neste momento a questionar-se se os seus filhos dormem todas as noites da maneira correta, este post pode ajudar-lhe a resolver as suas dúvidas e, acima de tudo, compreender porque é tão importante estabelecer bons hábitos de sono mesmo na infância.

Estes são os benefícios que uma boa noite de sono e descanso trará aos seus filhos

Obter a melhor e mais correta higiene do sono desde muito pequeno é realmente importante. É vital compreender que, desde o nascimento dos nossos filhos, há que estabelecer uma série de bons hábitos e rotinas que ajudarão a cumprir este objetivo. Algo que fará parte da nossa obrigação como pais. E apesar de cada determinado período de tempo verificarmos que as crianças terão necessidades diferentes ao descansar, haverão sempre certos elementos fundamentais: escolha o melhor berço quando são bebés, a cama mais confortável e de maior qualidade feita com os melhores materiais que ajudam no crescimento, a temperatura do quarto, a ausência de dispositivos eletrónicos ao redor ou a criação de rotinas.

Com o cumprimento correto de certas premissas, bons hábitos, certas rotinas e o melhor dos habitats, as nossas crianças terão um melhor sono e, graças a isso, alcançaremos uma série de benefícios que terão impacto na saúde e bem-estar das mesmas:

– A nível físico, uma boa noite de descanso contribuirá e promoverá o seu desenvolvimento.

– É durante as horas de sono que a hormona de crescimento se desenvolve no nosso corpo.

– Depois de um dia interminável de obrigações escolares, extracurriculares, desporto, trabalhos de casa e reconciliação familiar, permitir-lhes-á recuperar toda a energia perdida durante o dia.

– Da mesma forma, depois de tudo o que foi aprendido a nível académico na escola e a nível emocional através dos laços com professores, colegas, amigos e familiares, ficará para sempre fixo na memória. Pelo menos a parte mais vital e importante.

– Obviamente, quanto melhor durmam à noite, melhor desempenho escolar podem manter no dia seguinte.

– Da mesma forma, uma criança descansada está mais atenta e focada nas suas tarefas.

– A insónia e a falta de higiene do sono favorecem o aparecimento de stress, ansiedade, depressão e isto não se limita aos adultos. As crianças também podem ter este tipo de distúrbios. Portanto, uma noite tranquila de descanso também trará o bem-estar emocional que precisam.

– Como já referimos, o sono reduz o stress.

Irá fortalecer o seu sistema imunitário, algo que ajudará a prevenir o aparecimento de certas doenças.

– O sono reduz a irritabilidade, o mau-humor, o comportamento prejudicial e os problemas derivados de tudo isto. Por isso, o sono também é importante para alcançar a paz familiar.

Em resumo, todos estes benefícios são algumas das consequências positivas diretas que os seus filhos podem ter ao dormir todas as noites com o melhor equipamento de descanso possível, as horas recomendadas pelos especialistas e também ao manter uma alimentação saudável e equilibrada.

Os problemas de um mau descanso de infância

Pelo contrário, estas são algumas das consequências negativas que podem surgir nos mais pequenos ao não descansarem adequadamente:

– Mau Humor, pior comportamento, menos tolerância à frustração ou cumprimento de certos padrões e muita irritabilidade nos mais pequenos.

– Mau desempenho escolar: Problemas de atenção, concentração, memória e aprendizagem.

– Diminuição da saúde física e mental.

– Desmotivação e desinteresse não só na escola, mas também noutros aspetos da sua vida: atividades extracurriculares, amigos, relações sociais, família…

– Reflexos piores tanto físicos como para situações intelectuais

– Derivado do acima referido, um aumento dos problemas relacionados com a capacidade motora.

– Aparecimento de doenças e desconfortos como dores de cabeça