Camas articuladas: quando, onde e porquê?

Fev 6, 2019 | INFORMAÇÃO SOBRE DESCANSO | 0 comments

Compostas por um estrado articulado e um colchão, as camas articuladas ajustam a postura em função das necessidades do dorminhoco. Estas camas fixam a curvatura e a posição de acordo com o que o dormente pede. A base da cama articulada pode ser forrada com tecido respirável ou um estrado de ripas, que suporta um colchão articulado. Uma vez que sabemos o que é uma cama articulada, chega o momento de responder a três pontos capitais: quando, onde e por que usá-los..

1.

Quando usar uma cama articulada? Embora a escolha da base do colchão seja livre, há situações em que é aconselhável utilizar uma cama articulada. Uma situação muito recorrente é quando uma pessoa sofre de uma doença óssea ou articular, ou sofre de mobilidade reduzida. Esta cama é útil quando uma pessoa precisa manter as costas fixas em uma posição recomendada por um especialista. A opção da cama articulada permite corrigir a postura onde uma cama fixa não chega.  

2.

Onde você pode ver uma cama articulada? As camas articuladas são bastante comuns em dormitórios onde as pessoas com mobilidade reduzida dormem. Além dos dormitórios pessoais, podemos vê-los em clínicas e residências. Para os dormitórios que sofrem de doenças crónicas e são hospitalizados, há a escolha da faixa sanitária. O estrado Articulado Terapêutico, além de ser articulável, tem corrimões e outros acessórios para facilitar o cuidado do paciente.

3.

Por que escolher uma cama articulada? Há duas grandes razões para escolher uma cama articulada. A primeira razão é por necessidade. Como você já leu antes, pessoas com problemas ósseos e articulares crónicos recorrem a este tipo de cama, por recomendação de um especialista. A outra razão para comprar esta cama é dada em pessoas que passam muito tempo em casa. A cama articulada permite-lhes trabalhar, ler ou ver televisão sem estar na mesma posição durante todo o dia.

As camas articuladas são bastante comuns em dormitórios onde as pessoas com mobilidade reduzida dormem