Existem vários fatores que afetam o sono, então se você quiser melhorar o seu descanso você tem uma infinidade de opções, de provar um colchão diferente, para modificar a sua dieta. Comer antes de ir dormir é importante, mas você tem que ter cuidado, pois o jantar é geralmente a última coisa que comemos antes de ir para a cama, por isso vai afetar a qualidade do nosso sono em maior medida do que o resto das refeições.

 Dicas gerais para comer antes de dormir

A primeira coisa que vamos procurar é um jantar leve, para evitar digestão pesada. Por exemplo, os alimentos gordos, que causam uma digestão mais lenta, devem ser evitados tanto quanto possível. Da mesma forma, não devemos deitar-nos directamente na cama depois de comer, sendo aconselhável esperar pelo menos duas horas, para que o nosso estômago tenha tempo para esvaziar.

Tendo em conta que quando vamos dormir não teremos tempo para queimar calorias, é aconselhável limitar a quantidade de hidratos de carbono. Embora seja bom incluí-los com moderação no jantar, não é bom eliminá-los completamente, pois isso poderia ter efeitos contraproducentes quando acordamos de manhã com mais fome, ou mesmo causar uma hipoglicemia noturna.

Nada que nos ajude a ficar acordados durante a noite será nosso aliado quando se trata de preparar o jantar. Portanto, é aconselhável evitar os estimulantes, bem como qualquer alimento que gere desconforto, como gases ou dores de estômago. O que devemos comer antes de ir dormir são alimentos que são bem digeridos, mas que saciam ao mesmo tempo.

Alimentos a evitar

É preferível dispensar carnes fritas, salsichas, pizzas e outros alimentos pré-cozinhados, já que, por serem alimentos muito gordurosos, e em geral ricos em calorias, serão muito difíceis de digerir e, portanto, reduzirão a qualidade do sono.

Alguns vegetais também podem ser difíceis de digerir, por isso é melhor evitá-los: a alface, por exemplo, pode causar gás e inchaço devido ao seu elevado teor de fibras insolúveis. Couve ou brócolos, também não são recomendados.

As proteínas e gorduras da carne vermelha requerem um esforço extra por parte do nosso organismo para poderem ser digeridas, o que não é ideal se quisermos ter um sono tranquilo.

Os doces aumentam o nível de açúcar no sangue e fornecem uma energia que não vamos queimar, por isso não é uma boa ideia comê-los antes de ir dormir, pois vão produzir um sono de pior qualidade e fazer-nos acordar na manhã seguinte com uma maior sensação de cansaço.

Alimentos recomendados para dormir bien

Os vegetais, exceto os mencionados acima, que podem causar problemas de estômago, são essenciais para um jantar saudável, sendo ricos em vitaminas, mas com poucas calorias. Deve-se ter em mente que eles serão mais fáceis de digerir se forem creme ou vapor do que se forem consumidos crus.

Os cereais integrais como o arroz, trigo ou milho contêm triptofano, que ajuda a produzir serotonina e, portanto, melatonina, a hormona do sono. Eles também têm muitas vitaminas B, que ajudam a função do sistema nervoso.

Os produtos lácteos são recomendados (com exceção de alguns queijos muito gordos) porque também são ricos em triptofano, mas também têm magnésio e zinco, minerais que ajudam a absorvê-los.

Peixes como o salmão, atum ou sardinhas fornecem proteína de qualidade, por isso vamos nos sentir saciados, evitando o desconforto de digestões difíceis. Além disso, eles são uma fonte de ômega 3, então eles ajudam a melhorar os distúrbios do sono e reduzir a ansiedade.

Outra fonte de proteína recomendada é o ovo, de preferência cozido ou grelhado, para evitar excesso de gordura. É nutritivo e sacia, o que o torna um ingrediente ideal para o jantar, embora não deva ser abusado, limitando o seu consumo a um par de vezes por semana.

Seguir estas orientações tornará mais claro o que é melhor comer antes de dormir e o que é preferível deixar para outras alturas do dia. Agora poderá preparar jantares completos e equilibrados que o ajudarão a favorecer a digestão, facilitar o descanso e melhorar a qualidade do seu sonho.