Insónia outonal: Como dormir melhor

Out 6, 2020 | INFORMAMOS-TE |

O outono chega e, com ele, as alterações de temperatura e horário, o que pode certamente perturbar o nosso dia a dia. Embora a insónia possa ocorrer em qualquer estação (especialmente em quem sofre desta desordem cronicamente), é comum que episódios de insónia ocorram com a mudança do verão para a temporada de outono.

A mudança de folhagem nas árvores, o ar fresco ou o facto de os dias ficarem mais curtos, entre outros, são alguns dos fatores que podem desempenhar um papel na mudança dos padrões de sono. Então, como dormir melhor quando ocorre a insónia outonal? Pode reverter o efeito?

A insónia outonal

A insónia outonal pode ser a consequência inevitável de ter desfrutado um grande verão. Isto é expresso pelo Dr. Neil Stanley, um perito em sono e ex-presidente da Sociedade Britânica de Sonhos.

Segundo o médico, “o verdadeiro problema para os pais e os filhos são aquelas férias adoráveis, sestas e noites cheias de diversão que alteram o relógio biológico”.

Estes, tal como expressos pelo perito, fazem com que seja difícil reajustarmo-nos à vida quotidiana normal assim que regressamos à rotina diária. O corpo ama o ritmo e a previsibilidade. Quando estamos fora da nossa rotina habitual, o corpo não espera acordar no momento em que o alarme dispara, então ainda está em sono profundo e é por isso que tendemos a nos sentir cansados assim que despertamos.

O papel do sol

Um dos principais fatores que pode desencadear insónias outonais tem a ver com a luz solar. O outono e o inverno caracterizam-se por termos menos horas de luz durante o dia, o que afeta tanto o nosso corpo como as nossas vidas em geral.

A luz solar fornece ao nosso corpo vitamina D, que desempenha um papel fundamental em muitas funções corporais. De facto, um estudo publicado no Journal of Clinical Sleep Medicine comparou a qualidade do sono dos trabalhadores em escritórios sem janelas com a de outros trabalhadores que tiveram janelas durante 27 dias.

Acontece que os trabalhadores em ambientes sem janelas recebiam menos luz solar diariamente, o que tinha um papel na sua qualidade geral de sono, sendo isso pior do que o dos trabalhadores que tinham janelas e luz solar.

Especificamente, a falta de vitamina D também foi relacionada à desordem afetiva sazonal (SAD). É por isso que é fundamental garantir que obtém a luz do sol sempre que possível e à medida que as estações mudam.

Alguns truques para tentar dormir melhor e livrar-se da insónia outonal

Embora possa parecer que a insónia outonal é um pouco irreversível, a verdade é que há alguns truques que podemos realizar para tentar dormir melhor.

Tente enganar o relógio

Se não resiste à tentação de ficar acordado até tarde nas sextas à noite, que tal tentar ir para a cama um pouco mais cedo no sábado? É o que o Dr. Stanley sugere.

“E se tudo o resto falhar e não tiver tido a oportunidade de voltar ao normal antes de domingo à noite, então pode ir para a cama uma hora mais cedo do que o habitual para ajudar o seu cérebro a preparar-se para a mudança de tempo do despertar.”

Volte à rotina

Sabemos que isto pode dar-nos muita preguiça, mas começar a ir para a cama mais cedo e levantar-se no horário habitual de trabalho é uma das coisas que melhor pode vir para a insónia matinal. E é assim que o nosso relógio biológico pode ser reiniciado e tornar a sua subida muito mais fácil.

Use a luz e a escuridão para tentar restaurar o relógio biológico

De acordo com o Dr. Stanley, “precisamos de luz matinal para colocar o nosso corpo em modo de alerta”, por isso é melhor absorver alguns raios solares o mais rápido possível quando acordarmos.

Depois, à noite, o médico recomenda atenuar a luz em casa, pelo menos, uma hora antes de dormir e desligar os televisores e computadores. De acordo com o médico, é também aconselhável “evitar o uso de smartphones e tablets na cama, pois emitem um tipo de luz azul que, de acordo com a pesquisa, pode enganar o nosso cérebro a pensar que é a luz do dia”.

Faça as crianças voltarem à rotina o mais rápido possível

A rotina de ir para a cama e levantar-se ao mesmo tempo é ainda mais importante para as crianças. E precisam dormir muito mais do que os adultos, uma vez que isto é fundamental para o desenvolvimento do seu corpo e cérebro. Na verdade, as crianças que dormem mais tempo foram encontradas para se apresentarem melhor nas aulas e também têm mais probabilidades de ter um peso saudável.

Esperamos que estas dicas ajudem a atenuar a insónia dos seus sonhos. Lembre-se que se nenhum destes truques funcionar para si, o melhor é consultar um profissional de saúde para que este indique opções para tratar esta insónia. Não ponha o seu descanso de lado!