Porque é que se tem sono depois de comer?

Jun 21, 2019 | ACONSELHAMOS-TE, ALIMENTAÇÃO, DESPORTO E BEM-ESTAR |

Diz-se que para a digestão, o sangue diminui no cérebro, por isso ficamos com sono depois de comer. Mas isso é tudo verdade? O açúcar nos alimentos afeta a produção de proteínas chamadas Orexinas, fazendo com que elas diminuam. Estas proteínas são produzidas no hipotálamo e são responsáveis por nos manter alerta. Um aumento no açúcar acaba por baixar os nossos níveis de atenção e deixa-nos sonolentos.

Esse estado de modorra que parte da nossa energia está a ser usada pelo nosso organismo para fazer a digestão. Este processo é o mesmo para todos, quem não daria nada para dormir sempre a sesta? No entanto, certamente você já ouviu dizer que é mau dormir com o estômago cheio e aqui explicamos por quê.

Pontos fracos de dormir com o estômago cheio

As principais consequências de dormir uma sesta depois de comer são o refluxo e a digestão pesada. Quando deitados, os sucos gástricos deslocam-se para a boca do estômago. Isto cria uma sensação de “comida repetida” e azia.

A indigestão ocorre pela mesma razão. Os sucos gástricos não desempenham o seu papel e a gravidade não ajuda o bolus a passar para o intestino. Assim, a comida fica mais tempo no estômago e pode fermentar, causando gás ou angústia. No entanto, os especialistas recomendam descansar um pouco depois das refeições.

Como podemos então evitar estes problemas?

  • Quarenta minutos. É aconselhável dormir uma sesta após quarenta minutos de ingestão de alimentos, para que os alimentos tenham sido digeridos correctamente.
  • À noite. Não faça refeições pesadas para o jantar; além de afetar seu organismo da maneira que falamos antes, você não terá um bom descanso por causa da má digestão.
  • Existem alimentos que o ajudam a adormecer depois de os consumir, tais como cerejas, espinafres ou ovos. Evitar estes alimentos irá ajudá-lo a não ficar sonolento.
  • Obedeçam ao nosso corpo. Sim, o nosso corpo fala connosco, temos de aprender a ouvi-lo e a escutá-lo, porque indica quando parar de comer. Nesse ponto em que já nos sentimos saciados, temos de parar. Se não o fizermos, o nosso organismo vai precisar de mais energia, causando-nos mais sonolência.

Respeite o seu corpo e o seu estado de saúde: se ele lhe pedir para parar de comer, faça-o, porque refeições copiosas aumentam a sua sonolência

  • Diminuir o açúcar. Sabemos que o açúcar é uma fonte de energia temporária. Tomá-lo dá-nos o alto e num curto espaço de tempo desce de tal forma que vos deixa sem energia. Evite alimentos ricos em açúcar, especialmente aqueles com adição de açúcares.
  • Pequeno-almoço. O pequeno-almoço é a refeição mais importante do dia. Se não tomarmos o pequeno-almoço, quando chegar a hora do almoço, teremos mais fome e comeremos demais. No entanto, se tomarmos um bom pequeno-almoço, à hora do almoço reduziremos esta ansiedade e não nos deixaremos abater. Desta forma, evitaremos aquele esforço extra para o nosso organismo que nos deixa tão cansados.
  • A andar. Se tiver tempo para dormir a sesta, substitua-o por caminhar. Não tens de ir dar uma volta. Só andar cerca de dez ou quinze minutos depois de comer vai ajudá-lo a digerir melhor. Melhorará a circulação sanguínea e o oxigénio. Estar em movimento vai impedir-nos de ficar com sono depois de comer.

     

    Ahora que sabes los motivos por los que te entra sueño después de comer, ¿seguirás estos consejos?