O que é que significa dormir em camas separadas?

20 de dezembro de 2018

Dormir juntos é um dos hábitos mais comuns num casal. Entretanto, como você leu antes, é um desafio que nem sempre se torna fácil de superar, e frequentemente acaba por ser uma dor de cabeça que piora a qualidade do sono. É bom ou mau dormir em camas separadas? Não ter um bom descanso com o seu parceiro pode ser sintomático de grandes problemas, ou pode ser porque as necessidades de um e do outro são diferentes.

No segundo caso, dormir em camas separadas pode até ser uma vantagem. Se um membro do casal ronca, move-se muito durante a noite de sono e dorme de tal forma que é desconfortável para o outro dorminhoco, separar os caminhos é o mais lógico e o mais saudável. Além disso, os especialistas em casais dizem que dormir em camas separadas, em caso de incompatibilidade, melhora o casamento e as relações entre as pessoas.

Se a relação no casal é boa e o sentimento existe, e o ronco ou problemas em repouso não cessam, dormir em camas separadas pode garantir maior conforto. Ter um bom descanso proporciona um melhor humor, por isso, colocar um remédio para os problemas à noite pode evitar que a tensão por não dormir bem se torne um problema maior.

Com isso deve saber que se um casal dorme em camas separadas, nem sempre tem que ser por causa de uma falta de sentimento e boa compreensão no relacionamento. Especialistas em casais argumentam que dormir em camas separadas é uma opção para escapar da rotina e da repetição quando se quer mudar alguns hábitos temporariamente. Uma solução rara, mas existente no casal.