Porque é mau dormir muito?

17 de novembro de 2017

É conhecido o provérbio de que tudo o que é em excesso é mau, e normalmente coincide com as coisas mais prazerosas. Mas é possível dormir demasiado? Dormir adequadamente é essencial para a saúde e o nosso bem-estar, no entanto dormir em excesso leva a certos riscos. Entre eles, encontramos a diabetes ou problemas de coração.

Há dias nos quais passaríamos as 24 horas sem separarmo-nos da almofada. Não se preocupe, passar um dia e de vez em quando sem mexer-se da cama não causa nenhum dano. O problema viria com as pessoas que de forma habitual dormem durante umas 10 horas ou mais. A franja horária de sono recomendado está estabelecida entre 7 e 9. Dormir em excesso pode originar todos os seguintes inconvenientes:

  • Maior risco de ataques do coração: calculou-se que dormir em excesso aumenta as possibilidades de sofrer um ataque ao coração em 34%.
  • Sobrepeso: a obesidade ou sobrepeso afeta com maior agudez tanto as pessoas que não dormem o suficiente como as que dormem em excesso. A principal razão é óbvia, quanto mais dorme menos se mexe.
  • Diabetes: dormir em excesso pode incrementar os níveis de açúcar no sangue e isto é o que desemboca em diabetes.
  • Dores de cabeça: as pessoas que dormem muito têm tendência a levantar-se com dores de cabeça, razão pela qual devem sentir a necessidade de dormir mais. Habitualmente o problema está em que não conseguem conciliar o sono corretamente, despertam-se em várias ocasiões e durante a noite e não conseguem descansar bem apesar de estarem mais horas na cama.