Molas ensacadas Nesting

muelles ensacados Nesting

 

As carcaças de Molas Ensacadas Nesting representa a última inovação nos núcleos de colchões de molas. Elaborados com aço temperado, cada uma das molas situa-se dentro de uma bolsa ou saco de tela. Cada um dos sacos une-se através do tecido de tela, que maneira que o arame de cada mola fique perfeitamente isolado em respeito ao resto. Evitando o contacto entre as molas consegue-se também evitar os ruídos incómodos, tão comuns nos colchões de molas mais tradicionais.

À inovação das molas ensacadas une-se a técnica Nesting. Segundo esta terminologia, se denomina à agrupação de molas de forma entrelaçada. Tal e como se mostra na imagem acima, na zona central destas carcaças, as molas dispõem-se de forma que fazem lembrar um painel de abelha, dando espaço a um maior número de molas num mesmo espaço. Contar com um número mais alto de molas permite oferecer um descanso mais ergonómico, sendo que se dispõe de uma maior número de pontos de flexão para uma mesma zona do corpo. A localização Nesting das molas realiza-se na zona central do colchão com a intenção de aportar um suporte melhor para a zona lombar.

As carcaças de molas ensacadas Nesting podem combinar-se com uma imensidão de materiais, conseguindo criar colchões com sensações muito diversificadas. Para os que procuram uma adaptabilidade alta, o colchão Saori combina a carcaça de Molas ensacadas Nesting com um bloque de 4 cm de viscoelásica.

Para quem prefere dormir sobre uma superfície mais macia, o colchão Hipnos é a solução. A elasticidade que lhe dá o bloque de látex unido à alta ergonomia e resiliência do núcleo de Molas Ensacadas Nesting fazem com que o colchão seja realmente suave. Se pelo contrário prefere maior firmeza e resistência recomendamos o colchão Élite Argentum, que irá ao encontro das suas expectativas graças à capa de Oxicell.

Produtos recomendados