Dormir bem melhora a saúde cardiovascular

Set 7, 2020 | ACONSELHAMOS-TE, SAÚDE |

Há quem questione se é totalmente necessário dormir oito horas por noite. Algumas pessoas acham exagerado, no entanto, dormir deve ser uma prioridade nas nossas vidas.

O sono é a chave para todas as funções vitais. Enquanto dormimos, o nosso corpo cumpre a sua função restauradora para que possamos encarar o dia corretamente. Especificamente, enquanto descansamos, estamos a encorajar a nossa saúde cardiovascular a permanecer como deveria.

Dormir bem melhora a saúde cardiovascular

Isto é confirmado pelas investigações levadas a cabo sobre este assunto. Especificamente, um estudo publicado no European Journal of Preventive Cardiology revelou que as pessoas que dormem pelo menos sete horas por dia, têm um risco menor de sofrer de doenças cardiovasculares em até 65%.

Além disso, poderia-se considerar que este “seguro de vida” ou seja o facto de dormir sete horas por noite, também se soma a outros hábitos saudáveis, como a atividade física regular, manter uma dieta equilibrada, moderar o consumo de álcool e não fumar.

Esta mesma pesquisa também estimou que nestas pessoas, o risco de morte causada por doenças cardiovasculares diminui cerca de 83% em comparação às que não seguem nenhum hábito de vida saudável. Isto, em parte, pode ser devido ao sono reparador que melhora a função endotelial e ajuda a baixar a pressão arterial, graças ao resultado do relaxamento muscular que também afeta as artérias enquanto dormimos. Isto causa uma queda fisiológica da pressão arterial de 10 a 15%.

Quais as consequências na saúde cardiovascular que um mau descanso pode ter?

Dormir pouco tem sido associado a uma maior probabilidade de obesidade, hipertensão, excesso de peso, altos níveis de colesterol e triglicéridos. Isto é revelado pelos estudos realizados a este respeito.

Em concreto, pesquisas publicadas no European Heart Journal revelam que as pessoas com insónias têm maior risco de desenvolver insuficiência cardíaca. De acordo com o estudo, as pessoas que mostraram três ou mais sintomas de insónia tinham um risco três vezes superior de desenvolver insuficiência cardíaca em comparação com as que não tinham problemas com o seu descanso.

Outros problemas possíveis que podem derivar de um mau descanso

Mas os possíveis problemas de dormir mal não acabam aí. Um mau descanso pode ter consequências negativas em várias áreas da saúde. Alguns dos problemas derivados de um mau descanso são:

  • Stress: a privação do sono pode tornar-nos mais cansados, portanto, transmite uma sensação de carga superior para enfrentar o dia a dia.
  • Diabetes: Um mau descanso tem sido associado a um risco superior de sofrer desta doença.
  • Problemas de memória: a falta de sono pode derivar a problemas cognitivos, especificamente na memória.
  • Maior risco de acidentes: como referimos, a falta de sono pode levar a problemas cognitivos. Estes podem tornar-nos menos atentos, portanto, mais expostos a acidentes de trabalho.
  • Osteoporose: Dormir mal também pode estar relacionado com o aparecimento desta doença.
  • Acidente cérebro-vascular: Descansar menos do que precisamos, também aumenta o risco deste problema.
  • Problemas de crescimento: Especialmente nos mais pequenos, a hormona de crescimento que é libertada à noite é fundamental para o crescimento. É por isso que é tão importante descansar bem na infância e na adolescência.

Quanto e como dormir para proteger a saúde cardiovascular?

Agora que sabe que ter uma boa noite de sono melhora a saúde cardiovascular e nos protege de outras doenças, talvez queira considerar algumas recomendações para tentar dormir melhor todas as noites:

  • Evite os estimulantes: As bebidas que contenham teína ou cafeína não ajudarão a dormir melhor à noite. O mesmo se aplica a outros estimulantes, como o álcool ou o tabaco. Se os evitar antes de ir dormir, desfrutará de um descanso melhor todas as noites.
  • Rotinas horárias: Dormir e acordar todos os dias ao mesmo tempo, mesmo aos fins de semana, pode ajudar-nos a estabelecer rotinas de tempo que irão incentivar o nosso descanso.
  • Evite o álcool: Beber álcool pode perturbar o ciclo do sono, especificamente a fase REM. É por isso que, especialmente à noite, é melhor evitar o álcool.
  • Evite o desporto pela noite: fazer exercício no final da tarde ou à noite pode dificultar o seu sono. É melhor praticá-lo pela manhã.

Em resumo, existem muitas razões para lutar por uma boa rotina de sono. Agora que sabe que ter uma boa noite de sono melhora a saúde cardiovascular e pode ajudar a evitar outros problemas de saúde, quanto tempo vai demorar a investir tempo no seu descanso?